Seja uma mãe de destaque no mercado de trabalho

Por muitos anos, se acreditava que as mulheres não podiam trabalhar, que elas existiam apenas para ser mãe, responsável por cuidar da casa etc. Mas, o cenário foi mudando com o tempo, especialmente com as guerras.

Isso por que, durante as guerras, enquanto os homens estavam no front da batalha, as indústrias não podiam parar e alguém ainda precisa movimentar o mercado financeiro, e quem ficou responsável por isso foram as mulheres.

É, o tempo trouxe muitas mudanças na sociedade e na cultura, em praticamente todos os aspectos, mas uma coisa permanece igual, as mulheres continuam sendo mães, apenas ganharam mais um papel na sociedade.

mãe
Fonte (Reprodução/internet)

E como continuar trabalhando e sendo mãe?

Trabalho Home Office

Com o avanço e evolução das Tecnologias de Informação e Comunicação, a quantidade de processos organizacionais que são feitos por meios digitais estão cada vez maiores e mais relevantes dentro da organização.

Com isso, o home office tem crescido, no sentido de que há mais organizações aceitando colaboradores com um trabalho nesse modelo, afinal, muita parte de processos organizacionais são feitos pelo drive da organização.

Dicas para trabalho Home Office

Se você está pensando em um trabalho home office, algo que será extremamente importante que você tenha é uma boa internet. Não só uma internet de qualidade, é muito importante que você tenha conforto também, então procure investir em uma boa cadeira, uma mesa de uma altura que não te incomode etc.

E procure um cômodo que tenha um espaço extra para seu filhinho, por exemplo, o espaço para o cercadinho, assim, poderá trabalhar sem a preocupação de “como será que ele está?” e invista no conforto dele também, mas isso, é provável que você já faça independente do trabalho, né?

Outra coisa que pode ser de muita ajuda no seu trabalho em casa é elaborar uma rotina e manter suas coisas organizadas, quanto mais organizado o seu espaço estiver, melhor será sua produtividade.

Onde trabalhar home office

Caso esteja procurando um trabalho e tenha gostado da opção de home office, na hora de procurar vagas em sites de vagas você poderá filtrar sua pesquisa para mostrar apenas os resultados que se encaixam nesse perfil.

Inclusive, há um site criado para divulgar estas vagas, é o vagashomeoffice, nele você poderá pesquisar por vaga, por localidade e há vagas 100% home office, vagas parcialmente remotas, para empregos temporários ou freelancer, vale a pena dar uma pesquisada.

mãe
Fonte (Reprodução/internet)

E nos tradicionais vagas.com, infojobs.com, catho.com, em quase todos você irá encontrar estas vagas também, só filtrar na hora da pesquisa.

Não quer levar trabalho para casa?

Mas, trabalhar em casa nem sempre é tão bom, além da cama ficar chamando e ser ainda mais difícil de resistir aos seus encantos, a casa realmente é um lugar de descanso e pode acabar se tornando muito cansativo a rotina de trabalhar em casa.

Ainda bem que há empresas que permitem que se leve o filho para o trabalho, especialmente quando o filho ainda é pequenininho, então vale a pena dar uma conversada com seu chefe sobre essa situação, é possível que ele permita que você vá trabalhar com a criança.

mãe
Fonte (Reprodução/internet)

No site semprefamilia são listados alguns coworkings onde você pode ir trabalhar acompanhado do seu filho, no mesmo site inclusive, há uma reportagem bem interessante falando de 10 empresas que foram inovadoras nas ações para que houvesse conciliação da vida profissional com a familiar.

Às mulheres, uma salva de palmas!

Há algumas dicas que podem ajudar, como as que foram trazidas nesse texto, possivelmente você já tenha recebido alguma sacada de alguma amiga que passou por uma situação parecida, afinal, a chegada do bebê é mágica, mas as contas continuam vindo e mais altas agora.

O que torna um pouco complicada a ideia de largar tudo e se dedicar única e integralmente ao papel de ser mãe, e mesmo quando essa é uma opção economicamente possível, nem todas as mulheres gostam da ideia de abandonar suas carreiras, não é verdade?

Mas, esse é apenas mais um dos desafios que as mulheres enfrentam no mercado de trabalho, a revista crescer mesmo traz alguns dados que chegam a ser meio tristes (foi uma pesquisa feita em dezembro de 2019, espero que quando ler isso, a realidade esteja diferente).

A reportagem, com base em uma pesquisa da revista americana Fortune, aponta que uma mulher que não possui nenhum filho tem 80% a mais de chances de ser contratada que uma mamãe. E das que já estão contratadas, a pesquisa aponta que as mães ganham quase mil dólares a menos que aquelas sem filhos.

E entre os sexos, ainda pela reportagem da revista crescer, o salário das mulheres corresponde à cerca de 80% do salário dos homens! Mas, já está bem melhor do que já foi, afinal, nos anos 80 era, mais ou menos, 68%, o que dá um pouco de esperança, não é verdade?

Mulheres, o sexo frágil… Só que não

Essa realidade realça o quanto as mulheres são fortes e que de sexo frágil elas não tem nada! Na realidade, muito pelo contrário, afinal, o que se vê, quase sempre, são mulheres fortes e decididas que desempenham mil papéis em uma só pessoa.

São profissionais de excelência, mães preocupadas com seus filhos e que conseguem equilibrar suas vidas com maestria e são exemplos!

Mãe
Fonte (Reprodução/internet)

Então, que elas sejam valorizadas e respeitadas não apenas no dia 8 de março, mas todos os dias do ano! E em meio a tantos casos trágicos de feminicídios, se você identificar algum caso de abuso, DENUNCIE! Não se cale! Você pode denunciar pelo telefone 180, de forma totalmente anônima.

E se você quiser, há 5 aplicativos que podem ajudar nessa luta contra o feminicídio, são eles:

  • SOS Mulher;
  • Salve Maria;
  • Me respeita!;
  • SaiPraLà; e
  • Mete a colher.

E para finalizar, uma fala da Nora Ephron, uma diretora de cinema, roteirista e produtora:

“Claro que você pode ter tudo. O que você vai fazer? Tudo, é o meu palpite. Vai ser um pouco bagunçado, mas abrace a bagunça. Vai ser complicado, mas se anime com as complicações. Não vai ser nada como você achou que seria, mas surpresas são boas para você. E não fique assustado: você sempre pode mudar sua cabeça. Eu sei bem disso: tive quatro carreiras diferentes e três maridos”.