Saiba como funciona o Programa Bom Prato e quem tem direito

O Governo de São Paulo criou o programa Bom Prato, que permite que famílias consigam se alimentar por um valor baixo. Mas, quem pode participar desse programa de alimentação barata e ter direito a uma comida de qualidade sem gastar muito?

Existem muitas pessoas que podem usufruir desse benefício, que conta com um cardápio rico em nutrientes pra lá de saboroso e com alimentos selecionados a fim de dar aos brasileiros uma alimentação balanceada e de qualidade.

Saiba como funciona o Programa Bom Prato e quem tem direito 1

Para se ter uma ideia, no programa são servidos café da manhã e almoço (em algumas unidades tem jantar), sempre com muita qualidade e alimentos ricos em nutrientes, com o valor máximo de apenas R$ 1,00. Saiba mais sobre o Bom Prato.

Cardápio do Bom Prato

Os alimentos servidos são todos de qualidade. Com refeições balanceadas, os pratos possuem todos os nutrientes importantes e que o nosso corpo necessita diariamente, um dos pontos fortes do programa Bom Prato.

Normalmente, no café da manhã são oferecidos os seguintes alimentos: leite, café, achocolatado ou iogurte, além de pão com margarina, requeijão ou frios, e uma fruta, de acordo com a estação do ano.

O café da manhã tem cerca de 400 calorias, em média.

Já no almoço, cerca de 1.200 calorias, distribuídas entre arroz, feijão, legumes, salada, carne, farinha de mandioca, pão francês, suco e até sobremesa, normalmente sendo uma fruta. Em uma das unidades, a de Campos Elíseos (SP) também são servidos jantares iguais aos almoços.

Horários e Valores do Bom Prato

Servido das 7h às 9h, o café da manhã tem um custo de apenas R$ 0,50, o que é um valor totalmente acessível. O almoço não fica atrás, servido das 10h30 às 14h e o cidadão tem direito a uma refeição por apenas R$ 1,00.

Crianças até 6 anos não pagam absolutamente nada pela alimentação.

A cidade de São Paulo tem 22 unidades da rede Bom Prato, inclusive a de Santo Amaro, local que mais serve refeições por dia, chegando a 2.240 almoços. Na Grande São Paulo estão outras nove unidades, além de 6 no litoral e mais 16 pontos no interior paulista.

O Programa Bom Prato

O programa Bom Prato é um sucesso no Estado de São Paulo, sendo o maior programa social de alimentação do Brasil e um exemplo para todo o país. Criado em dezembro de 2000, mais de 100 milhões de almoços já foram distribuídos.

E isso aconteceu dentre as mais de 50 unidades espalhadas por todo o estado Paulista.

Desde 2011 o programa teve uma renovação e com isso também implantou o café da manhã, sendo mais uma boa opção para as famílias carentes, que podem iniciar o dia já com uma alimentação adequada.

Mas, quem tem direito ao programa Bom Prato? Todas as pessoas. Ainda que seja um programa destinado às pessoas de baixa renda, todas as pessoas em situação de dificuldade podem ter uma alimentação de qualidade no Bom Prato, inclusive, desempregados.