Saiba quais são os 3 requisitos para ser um trainee trabalhando em bancos

A grande maioria dos bancos possuem programas de trainee disponíveis em várias regiões do país. O trainee é aquele estudante que vai poder fazer aulas práticas no banco e se for aprovado, ele pode até conseguir pleitear uma vaga de trabalho por lá.

O programa de trainee é como um estágio, só que muito mais focado na preparação do aluno para atuar como um contratado. De modo geral, as vagas estão ligadas a cargos de gerência, de executivos e de cargos mais altos. No entanto, elas podem variar muito.

Há casos no Brasil, inclusive, de pessoas que começaram como trainee de atendimento ao cliente e hoje são CEOs de bancos grandes. Portanto, é uma ótima forma de conhecer o mercado financeiro e também de buscar uma oportunidade de emprego.

1 – Saiba se comunicar em inglês de forma fluente

O inglês é o idioma mais falado no mundo. E no mundo bancário, isso é bem importante. Aqui no Brasil mesmo os bancos costumam dar preferência para quem sabe o idioma de forma fluente. E não adianta você mentir, os bancos realmente fazem provas e entrevistas na língua.

Então, se você não sabe nada de inglês ou está no nível básico, o seu primeiro passo é se preparar para isso. Lembrando que existem sim exceções, de pessoas que se tornaram trainees sem saber inglês, mas isso é raro de acontecer.

Existem diversos motivos que explicam porque os bancos têm essa exigência. Mas, um dos principais é o fato de que sempre existe a possibilidade de se comunicar com pessoas de outros países, fazer cursos e até mesmo entender siglas e nomenclaturas.

2 – Tenha uma boa familiaridade com os números

Você não vai precisar ser o gênio da lâmpada e nem um matemático com um Prêmio Nobel. No entanto, é um grande diferencial você saber usar bem os números, seja para fazer algumas contas de cabeça ou para manusear os algarismos em contas de adição, subtração, divisão, etc.

Se você é do tipo de pessoa que “odeia matemática” é bem provável que você tenha dificuldade em lidar com contas e com o sistema bancário. E isso acontece independente do seu cargo ou área de atuação.

Apesar de não ser requisito obrigatório, os bancos cobram isso dos seus trainees, que podem se tornar funcionários contratados no futuro.

Saiba quais são os 3 requisitos para ser um trainee trabalhando em bancos

3 – Esteja preparado para lidar com questões pessoais

Se por um lado é muito importante saber lidar com números, saiba que por outro é muito indicado que você tenha alguns diferenciais de mercado que tem a ver com as questões pessoais. Por exemplo: educação, respeito e ética.

Isso tudo vale para qualquer tipo de trabalho, obviamente, mas, no caso dos bancos, eles exigem que o candidato saiba lidar com o público e ofereça um bom atendimento ao cliente, afinal de contas, isso pode fazer toda a diferença no fim do mês para os números da instituição.

É importante que você apresente o seu conhecimento técnico, com base na sua graduação e que você faça bem para a empresa. No entanto, é imprescindível ser humano e respeitoso, agregando valor ao ambiente de trabalho e também ao público de forma geral.