Quanto aplicar na poupança mensalmente?

Até qual valor vale a pena aplicar recursos na poupança? Essa é uma dúvida muito geral e comum na vida dos brasileiros que sonham em ter um patrimônio acumulado, independente de qual o objetivo financeiro que está em vista.

Muitas pessoas perguntam qual é o valor ideal para investir na caderneta de poupança? Só que o assunto vai muito além disso e se inicia na rentabilidade desse investimento, nos custos, prazos, etc. Nós vamos entender tudo isso agora!

Quanto aplicar na poupança mensalmente?

O que é preciso estudar?

O primeiro ponto é que depende do seu padrão de vida. Então, é lógico uma pessoa que ganha um salário mínimo (que hoje está em R$ 998) é diferente de uma pessoa que ganha 10 salários mínimos (o que daria quase R$ 10 mil).

Outra coisa é entender que a caderneta de poupança é um tipo de investimento para curtíssimos prazos, ou seja, nós precisamos investir ali somente aquele dinheiro que nós possamos lançar mão dele a qualquer momento.

É um investimento para algo entre 3 e 6 meses, entende? Então, não dá para ficar com muito dinheiro aplicado na poupança. Essa é que é a verdade.

Qual o valor de uma reserva na poupança?

Agora sim uma boa pergunta.

O valor ideal para uma família que ganha 3 salários mínimos (quase R$ 3 mil) e que deve ficar na poupança deve ser de algo como o equivalente a 6 meses.

Então, 6 vezes os R$ 3 mil teríamos algo como R$ 18 mil. Esse é um bom valor para ter como reserva de emergência na poupança, considerando a renda da família citada.

Isso porque ainda que renda pouco, para uma reserva a poupança é boa porque ela tem liquidez rápida, isto é, dá para sacar quando você precisar, em casos de imprevistos, por exemplo.

E outros investimentos?

Lógico que se a gente começar a juntar dinheiro e ficar com valores acima de 5 mil, daí já podemos observar investimentos muito melhores em termos de rendimentos.

Temos opções como o Tesouro Direto, por exemplo, que também tem liquidez e segurança, como a poupança, só que rende muito mais.

O fato é que por muitos anos a caderneta de poupança teve como diferencial a liquidez, você precisava do dinheiro, ia lá e tirava. E ela era a única a fazer isso. Mas, hoje temos investimentos diários, onde você pode aplicar e no dia seguinte você poderá resgatar.

Os cuidados

Sempre que vamos investir dinheiro é preciso tomar cuidado. Isso porque qualquer investimento tem custos, impostos, diferenças e características.

No caso da caderneta de poupança, ela é isenta de imposto de renda e também não tem o IOF, um tipo de imposto. Ou seja, não tem grandes complexidades na hora de investir na caderneta e ainda tem uma garantia até R$ 250 mil pelo fundo garantidor de crédito.

É um ótimo investimento, mas não dá para pensar em grandes montantes porque você perderia juros.

Então, resumindo, pensando em aplicar até R$ 5 mil na caderneta de poupança? Ótimo. Agora, se for acima disso você começa a pensar em outros investimentos.