Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação

A gravidez não é só um momento da mulher, é um período para o casal tomar decisões e dar suporte um ao outro. E tudo é mais aterrorizante quando se é pai de primeira viagem, muitos homens não sabem a importância da sua presença ao lado da futura mamãe.

Então, em um país em que o abandono paterno só cresce a cada ano, é importante falar como este papel é fundamental na criação de seu filho. Para guiar os pais nesses 9 meses, existem algumas dicas para auxiliá-los a ajudar durante a gestação de sua parceira.

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

Importância da presença paterna

A criação de um filho é muito ligada ao desempenho da mãe, um estigma para ser quebrado, pois acaba por diminuir a importância da participação do pai. Apesar de assumirem um papel mais secundário durante a gestação ainda há muitas coisas que podem ser feitas.

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

É quando o bebê nasce que o seu papel entra em conjunto com o da mãe. Após o nascimento, o recém nascido ainda se mantém muito conectado à mãe, o pai vai ser a primeira pessoa em sua vida fora desse eixo.

Há estudos que mostram crianças com pais presentes e envolvidos em sua criação desenvolvem melhor características de segurança e confiança. Isso afeta a sociedade, tornando mais fácil ter conexões sociais.

Além disso, as memórias de uma boa relação entre pai e filho afetam diretamente como a criança irá enfrentar o estresse do dia a dia. Assim, o papel paterno mostra ter grande influência na saúde mental dos pequenos, podendo afetar até a vida adulta.

Não tenha medo de questionar

Após descobrir que você e sua parceira estão grávidos, é hora de começar a entender mais sobre o período da gestação. Com isso, você irá entender que a gravides é algo muito além daquilo que vimos durante as aulas de biologia.

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

Para isso, um ótimo momento para sanar qualquer dúvida é durante as idas ao médico. Não tenha medo de perguntar sobre a gravidez, como por exemplo o que você pode fazer nesse momento que ao mesmo tempo tem sua beleza, mas também traz muito desconforto.

Pergunte sobre a função dos exames, aprenda sobre os tipos de parto, converse com sua parceira sobre como querem realizar o parto. Se mostre presente não apenas com palavras, mas compareça a cada consulta.

Essa demonstração de interesse é uma forma de acalmar os ânimos da mamãe, fazendo ela se sentir segura ao saber que não vai lidar com tudo sozinha. Além disso, faça pesquisa em livros e sites para estar preparado para a hora que baby for chegar. E claro, sempre mantenha seu celular ligado, pois nunca se sabe quando acontece uma emergência.

Converse com sua parceira

Durante a gravidez, além do corpo, há uma grande mudança hormonal que leva muitos casais a viverem constantes brigas. A mudança drástica de humor não é algo certo de acontecer, porém é bom estar preparado caso ela demonstre um comportamento diferente.

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

Assim, busque conversar com ela, perguntar sobre como foi o dia se está sentindo alguma coisa, mostre para sua parceira que sempre estará ao seu lado, independente de seu humor. 

Às vezes, devido o aumento de peso e aparição de manchas no rosto a autoestima das mulheres costumam cair, então faça elogios que valorizem sua real beleza, a admire. E sempre seja paciente e respeitoso, o estresse durante a gestação só irá gerar complicações para vocês e ao seu filho que está por vir. 

Mudanças na vida sexual

Outra mudança que atinge as mulheres é em relação à disposição sexual durante e após a gravidez. Em algumas aumenta a libido, em outras perdem completamente o desejo sexual e há casos de não haver alterações.

Não leve para o lado o pessoal, não é algo relacionado diretamente a você, então tenha paciência e sempre demonstre apoio e compreensão da situação. Mesmo após o parto, o apetite sexual pode demorar mais de 40 dias para voltar, aguarde o corpo e a rotina voltar ao normal. E caso seja necessário, busquem juntos por um profissional para auxiliá-los nesse momento.

Ajude nas tarefas da casa

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

Uma ajuda que pode melhorar o dia da sua mulher, é você fazer algumas tarefas de casa. Com o aumento da barriga, dores na coluna e inchaço nos pés, alguns movimentos se tornam limitados impedindo a realização de algumas atividades diárias.

Então, é hora de dividir as tarefas, encaixe algumas atividades de casa a sua rotina e seja mais proativo, você também é capaz de tomar decisões para organização do seu lar. E para deixá-la bem feliz, uma massagem nos pés pode cair super bem.

Preparando a casa para o bebê

Ainda em relação à organização da casa, é bom estar presente e informado sobre as adaptações que precisam ser feitas para a chegada do baby. Pesquisar sobre medidas de segurança, como plugues nas tomadas, protetor de quinas, berços, e outros. 

Cuidados com o bebê

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

Não espere o bebê chegar para aprender a trocar uma fralda, uma série de cuidados essenciais são necessários de ter com seu filho. Aprenda sobre como segurar um bebê recém-nascido, como dar banho, se o bebê passar mal, o que é preciso fazer de imediato.

Se informe sobre a alimentação, a partir de que idade podem começar a dar alimentos sólidos e quais podem ser dados. Isso tudo é importante para você não se aterrorizar como pai de primeira viagem.

Hora do parto

Apesar de serem as mães que estão ali sofrendo com a dor de dar a luz, são os pais que mais se aterrorizam neste momento, há casos que chegam a desmaiar. Neste momento a mamãe vai precisar da sua força mais que nunca!

Pai de primeira viagem? Entenda como ajudar durante a gestação
Fonte: (Reprodução/internet)

É normal ficar ansioso e com medo na hora do parto, porém este é um momento em que você precisa segurar suas emoções e transmitir o máximo de segurança possível, para que sua parceira sinta que tudo vai dar certo.

Não tem como saber como vai o trabalho de parto, como sua mulher vai reagir, porém mantenha-se firme até a hora que seu vir chegar ao mundo, depois pode liberar tudo, as lágrimas, despejar toda felicidade pela vida desse novo ser humaninho.

Vale ressaltar, que caso seja de desejo do pai é possível você mesmo cortar o cordão umbilical do seu filho, mas é preciso conversar com a médica antes, assim não atrapalha nos procedimentos na sala de parto. 

O bebê chegou

Agora é hora de você por todas as coisas que aprendeu sobre cuidados com o baby em prática, principalmente durante a noite se o seu filho for mais agitado. Procure revezar as noites em claro com sua parceira, ela com certeza estará muito exausta no fim do dia.

Lembre-se de manter a comunicação com sua parceira, adeque sua vida social para que você também tenha um momento de relaxamento, o estresse costuma atrapalhar a vida de muitos pais de primeira viagem devido às grandes mudanças.

Vídeo – Paternidade após o nascimento

Além do período de gestação, os primeiros dias com o bebê em caso podem ser uma grande desafio para os pais, alguma noites em claro podem aumentar os níveos de estresse. com isso, o vídeo aborda esse momento pós-parto para pais. 

Acessando aqui você pode conferir algumas dicas para você e sua parceira terem durante esse primeiro momento com o bebê em casa. Com isso, você já consegue entender a importância dos papais na vida do seu filho e na vida como casal.