O bebê está chegando? Monte a mala da maternidade sem exageros

E eis que você está vivendo o momento mais lindo da vida de uma mulher: a gestação! Planejado ou não, é inevitável sentir aquele friozinho na barriga quando a notícia chega. Nas últimas semanas, as mamães sempre têm dúvidas sobre o que realmente é preciso na mala de maternidade. Porém, hoje vamos falar em detalhes como montar uma mala de maternidade sem exageros. 

Você está há poucas semanas de toda a rotina mudar, poucas semanas de ver o rostinho do bebê, de ficar comparando com quem mais se parece e de viver um dos dias mais importantes da sua vida! O quartinho já está pronto e tudo está perfeito para receber o mais novo membro da família com muito amor.

Embora sejam 9 meses de preparação, a dúvida na hora de fazer a mala da maternidade é sempre a mesma: O que colocar na mala? Se você quer ser a mãe prevenida, mas não quer exagerar na hora de se preparar para receber o seu bebê, está no lugar certo! Nós temos informações valiosas e essas dicas vão te ajudar a montar a bolsa da maternidade.

O bebê está chegando? Monte a mala da maternidade sem exageros
Foto: (reprodução/internet)

Dica 1: sem pânico!

Se nós, mulheres, já temos dificuldade para arrumar nossa própria mala para um final de semana na praia, imagine então precisar arrumar para dois e ainda para um serzinho pequenininho que está chegando para desbravar o mundo! Mães de primeira viagem costumam ficar bem ansiosas.

É importante saber que se o parto foi normal, o tempo na maternidade geralmente é de um ou dois dias. Já para as cesáreas, que são um pouquinho mais invasivas, o tempo de maternidade é de dois a três dias. Assim, fica mais fácil estabelecer a quantidade de roupas na hora de montar a sua mala da maternidade.

Dica 2: higienize os pertences do bebê no momento certo

Os bebês recém-nascidos são muito sensíveis e o sistema imunológico deles será amadurecido com o tempo. Por isso, não devem ter contato com poeira, ácaro ou qualquer tipo de bactéria. É claro que, raramente, isso pode causar problemas mais graves. Mas irritações na pele e alergias são muito comuns e podem deixar o bebê desconfortável.

Então, você já deve saber que precisa lavar as roupinhas. A dica é fazer essa higienização lá pelo sétimo mês de gestação, porque nesse período a mãe ainda tem bastante disposição para deixar tudo preparado antes da chegada tão esperada.

Para as roupinhas de bebê, opte por sabão de coco ou neutro, que geralmente são livres de perfume e evitam alergias. Não use amaciantes, sabão em pó, alvejantes ou de manchas e peque pelo excesso quando o assunto for enxágue

Confira mais algumas dicas de como lavar as roupinhas no vídeo abaixo:

Dica 3: quais roupinhas do bebê colocar na mala da maternidade?

O ideal é levar quatro trocas de roupas para seu bebê, considerando frio e calor. A sugestão para colocar na mala da maternidade do bebê é: 

  • Quatro calças;
  • Quatro camisetas;
  • Quatro tip tops de manga longa;
  • Quatro pares de meias;
  • Seis mijões;
  • Duas luvas;
  • Um gorro;
  • Dois pares de sapatinhos confortáveis;
  • Conjunto de saída da maternidade.

Vale lembrar que cada uma dessas trocas de roupas podem ser colocadas em saquinhos. Isso evita contato com bactérias do meio externo e garante a higienização por mais tempo.

O enxoval ideal para mala de maternidade

Além das roupinhas, você não pode se esquecer de levar outros itens do enxoval. Então anota aí quais são:

  • Três fraldinhas de pano;
  • Duas toalhas macias para bebê;
  • Duas mantas;
  • Um cobertor de lã;
  • Saquinho para roupa suja;
  • Bebê conforto.

Produtos de higiene pessoal para o bebê

  • Um pacote de fraldas;
  • Um pacote de lenços umedecidos;
  • Uma pomada para assadura;
  • Shampoo e sabonete líquido de bebê;
  • Escova de cabelo;
  • Cotonetes.

Geralmente as maternidades têm esses itens para o período em que o bebê estará lá. Mas, caso deseje, leve os produtos que você pesquisou e acredita serem os ideais para começar o uso logo após o nascimento.

Não esqueça os ítens de uso pessoal da mãe!

Muitas mães se preocupam tanto com a malinha do bebê que acabam deixando para segundo plano a organização dos próprios pertences. O ideal é ter uma mala separada das roupinhas do bebê.

Confira as sugestões abaixo para saber o que colocar na sua lista de ítens pessoais:

  • Um roupão;
  • Cinco calcinhas de cós alto e de baixa e média compressão;
  • Três sutiãs de amamentação;
  • Uma cinta pós parto;
  • Camisola ou pijama com abertura no peito;
  • Chinelo para banho;
  • Pantufa;
  • Look para saída da maternidade;
  • Produtos de higiene pessoal (não esqueça os absorventes e álcool em gel);
  • Conchas e protetores de seio;
  • Maquiagem para estar linda nas fotos;
  • Presilhas para o cabelo.

Se o pai da criança também for passar esse período na maternidade, também vai precisar levar itens pessoais para não se incomodar depois.

Dicas extras!

As sugestões que estão listadas abaixo não são essenciais, mas vale considerá-las para não lamentar depois.

  • Enfeite da porta;
  • Lembrancinhas;
  • Filmadora ou câmera fotográfica;
  • Lista das pessoas que devem ser avisadas do nascimento;
  • Carregador para celular.

O enfeite da porta e a lista de pessoas você pode providenciar com calma semanas antes da data prevista para o nascimento.

Quais documento levar para a maternidade

Os documentos devem estar separados e de fácil acesso na mala da maternidade. Isso é importante para evitar problemas no momento da internação. Então não se esqueça de levar:

  • RG e CPF da mãe e acompanhante;
  • Últimos exames;
  • Carteira do plano de saúde;
  • Autorização do plano de saúde;
  • Carta do médico;
  • Cartão do pré-natal ou cartão da gestante;
  • Plano de parto.

Quando o bebê nascer, o pai ou outro membro da família precisará providenciar a Certidão de Nascimento. Portanto, já deixe alinhado como será o nome do bebê e todos os documentos necessários separados. 

Algumas maternidades contam com cartório dentro dela, o que facilita muito esse processo. Vale a pena se informar se a maternidade onde você vai ganhar o bebê oferece essa comodidade!

Conclusão 

Um novo bebê na família é, sem dúvidas, um presente muito especial. Mesmo que você seja mamãe de primeira viagem e esteja ansiosa ou com um pouquinho de medo, mantenha o pensamento positivo e aproveite bastante essa fase,