Os 4 principais investimentos de algumas pessoas ricas no mundo

A gente tem o mau hábito de achar que os ricos fazem coisas diferentes de nós, né. E realmente fazem, especialmente no quesito dinheiro. Só que na hora de falar em investimentos, eles possuem as mesmas opções que todos nós.

Por exemplo, você sabia que quem é rico tem boa parte da carteira de aplicações formada por renda fixa? Pois é, são produtos pelos quais estamos acostumados como o Tesouro Direto, o CBD, a LCI, etc. E tem outras aplicações também. Saiba quais!

Os 4 principais investimentos de algumas pessoas ricas no mundo

1 – Mercado Futuro

É um tipo de investimento bem diferente do que nós estamos acostumados a ver. Só que você já deve ter ouvido falar e, até mesmo por isso, não é uma aplicação de outro mundo. O Mercado Futuro não exige uma aplicação do investidor e nem juros.

Isso porque ele só paga ou recebe a partir do momento que tem lucros ou prejuízos nos produtos. E quais são esses produtos? São vários, como café, gado, milho, euro, dólar, entre outros. E dá até para investir no mercado futuro em índices.

E também não se ganha dinheiro como a gente pensa, mas sim margens de garantias. Assim, o investidor pode ter prejuízos ou lucros. E dá para aplicar dinheiro em outros investimentos e no mercado futuro ao mesmo tempo.

2 – Private Equity

 Também é outro nome diferente que está entre os investimentos mais comuns às pessoas ricas. O private equity é uma forma de comprar fatias grandes de empresas grandes, também. Aí, existe aquele estudo para saber se a empresa vai despontar nos próximos anos.

E claro que existe o risco de isso dar errado, o que representa perda, né. Mas, como os investidores mais ricos possuem uma carteira diferenciada de ativos, eles sempre deixam uma parte para o private porque os rendimentos costumam ser altos, quando bem escolhidos.

Existem várias histórias de pessoas que garantiram uma vida tranquila na aposentadoria ao fazer essas escolhas de empresas no private equity.

3 – Ações

O mercado acionário também é um dos queridinhos dos ricos, viu. E como a gente sabe, ele é bem arriscado, mas, ao mesmo tempo, pode dar bons retornos. O que os ricos fazem é dividir a sua carteira de investimentos. E deixar parte dela para ações.

Outro diferencial é que eles escolhem muito bem as empresas que vão comprar, né. Eles não saem comprando apenas porque todo mundo está falando. Existem estudos diferenciados, como na hora de analisar a gerência da empresa, o caixa, etc.

De maneira geral, os ricos usam as ações para dar aquela turbinada nos lucros. E é bastante comum separar frações importantes dos seus investimentos para isso.

4 – Renda Fixa

Por último, renda fixa. Você pode até não acreditar, mas saiba que quase todos os ricos têm praticamente a metade dos seus investimentos na renda fixa. Isso porque eles são seguros e vão garantir rendimentos com certeza, mesmo que menores.

Aliás, uma grande parte deles começaram a ganhar dinheiro na renda fixa para só depois migrarem para as ações, que são mais arriscadas, né.