Home Dinheiro Investimentos 4 opções de investimentos para o capital de giro do MEI

4 opções de investimentos para o capital de giro do MEI

0
4 opções de investimentos para o capital de giro do MEI

Você sabia que pode investir o seu capital de giro e ter alguns reais a mais na conta? Aliás, você nem precisa deixar o dinheiro preso lá, já que pode sacar quando achar melhor. E mais: os rendimentos são bons mesmo com os impostos.

Essa é uma forma inteligente de deixar o dinheiro seguro. Mesmo porque você ainda recebe juros por isso. Saiba mais.

Agora, vale lembrar que a maioria dos investimentos abaixo tem cobrança de impostos. E isso precisa ser analisado na hora da aplicação. Mas, ainda assim, são opções que compensa muito para o empreendedor porque pagam rendimentos diários e os impostos são cobrados sobre os rendimentos e não sobre o patrimônio total que se tem aplicado.

1 – A caderneta da poupança

A caderneta da poupança é o investimento mais conhecido do Brasil e a gente nem precisa ficar muito tempo falando disso.

Só vamos lembrar de uma coisa: é um investimento seguro, é um investimento com liquidez diária e tem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). O único problema é que tem um rendimento baixo, de 4,5% ao ano hoje em dia.

2 – O CDB com liquidez diária

O CDB com liquidez diária é um produto bancário também, só que melhor do que a poupança porque rende mais. Os CDB mais aceitáveis partem de 100% do CDI, o que dá aí 6,4% ao ano, o que é ótimo.

Eles também são garantidos pelo FGC. E se forem com liquidez diária também permitem os saques sem percas financeiras. A dica é procurar esses produtos em bancos menores, já que as taxas pagas podem ser melhores.

3 – O Tesouro Selic

Tem o Tesouro Selic, que ainda não é o mais escolhido por ser um pouco mais burocrático, já que é preciso abrir conta em corretora de valores. Ainda assim, é muito vantajoso também porque tem a segurança do Tesouro Nacional.

O título se baseia na Selic, a taxa de juros da economia brasileira. E isso garante o poder de compra. Como é baseado na Selic, o MEI pode resgatar quando quiser também. Seguindo a mesma ideia dos investimentos citados acima.

4 – A conta do Nubank

A NuConta costuma ser uma das melhores opções. No entanto, ela não tem uma conta, ainda, para pessoas jurídicas, isto é, pessoas físicas. E, portanto, pode ser que isso seja um problema para você. Então, fique atento à esse detalhe.

Agora, se você tem condições de usar o capital de giro da empresa, ainda mais se você for MEI, na sua conta pessoa, ótimo, porque dá para usar a NuConta. E, agora, sem mais demora vamos falar das vantagens.

A NuConta é uma conta digital gratuita do Nubank. Ela não tem custo algum. A vantagem é que todo dinheiro lá tem rendimentos, mesmo que você não faça aplicações, ele já rende só de estar na conta corrente. E essa facilidade é vantajosa porque rende 100% do CDI também.

Os valores são aplicados pela empresa no Tesouro Direto ou em RDB (Recibos de Depósitos Bancários). E o cliente ganha juros todos os dias apenas por ter dinheiro na conta. Basicamente, essa conta também é uma boa ideia porque tem liquidez e segurança.