Veja com fazer a inscrição no Cadastro Único – CadÚnico

O Cadastro Único é um tipo de cadastramento que o governo federal faz para facilitar o encontro de informações sobre as famílias participantes de programas sociais, como o Bolsa Família. Por isso, saber como fazer a inscrição no Cadastro Único é importante.

A inscrição no Cadastro Único é simples de ser feita e pode dar benefícios às famílias, como a inclusão em programas como o Minha Casa Minha Vida, que é ideal para quem vai solicitar o financiamento para a compra de casas populares.

Veja com fazer a inscrição no Cadastro Único - CadÚnico

Dessa forma, o CadÚnico é um conjunto geral de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza ou extrema pobreza, que são usadas pelos governos para as políticas que promovem a melhoria na qualidade de vida das pessoas.

O Cadastro Único

O Cadastro Único é muito importante para quem vai se inscrever em vários programas sociais, como a Tarifa Social de Energia Elétrica, Telefone Popular, etc. No entanto, considere que após ser aprovado no CadÚnico é preciso solicitar a entrada nesses programas.

Outro ponto importante é que além de fazer a inscrição no Cadastro Único, as famílias devem fazer a atualização dos dados bi anualmente (a cada 2 anos), sendo que em caso contrário, elas podem ficar inválidas da participação nos programas.

Abaixo é possível saber como fazer o cadastro no CadÚnico, agora saiba que para atualizar os dados é necessário informar as novas atualizações, como o nascimento ou morte de alguém na família, a mudança do endereço, entrada de crianças na escola, etc.

Inscrição no Cadastro Único

A inscrição no Cadastro Único deve ser feita nos CRAs (Centros de Referência em Assistência Social) de cada cidade, sendo que as informações sobre esses centros estão disponíveis nas prefeituras de cada município.

Assim, é o município que é responsável por visitar os solicitantes, que devem ser famílias de baixa renda. E para fazer o cadastro no CadÚnico, a família deve preencher vários requisitos obrigatórios.

Por exemplo, é preciso ter uma pessoa responsável com pelo menos 16 anos. Essa pessoa deve ser, preferencial, mulher com um CPF e um Titulo de Eleitor válido. Em caso de não ter esses documentos, considere outros, como a Carteira de Trabalho.

Para a inscrição no Cadastro Único também é importante levar um comprovante de endereço, que pode ser uma conta de água ou uma conta de luz atualizada. Além disso, todos os dados devem estar atualizados.

Requisitos para Cadastro no CadÚnico

Os requisitos básicos para se cadastrar no Cadastro Único é participar de uma família em situação de pobreza onde as pessoas ganhem até ½ salário mínimo. Isto é, cada pessoa deve ter um valor equivalente a menos de R$ R$ 477.

Outra coisa importante é que a renda mensal total não deve ultrapassar o valor de 3 salários mínimos de renda mensal no geral. Assim, todas as famílias que se enquadrem nesse perfil podem solicitar a participação no Cadastro Único.