Inscrição no Bolsa Família dá direito a Tarifa Social de Energia Elétrica

Muita gente ainda não sabe, mas a inscrição no Bolsa Família dá direito aos beneficiários de participarem do programa social do Bolsa Família que é a Tarifa Social de Energia Elétrica, que oferece descontos no pagamento da energia elétrica.

O programa foi criado para auxiliar todas as famílias de baixa renda e com a iniciativa, milhares de famílias em todo o país conseguiu ter o pagamento da conta de luz em dia, sem atrasos e com o consumo consciente. Para isso, é imprescindível a inscrição no Bolsa Família.

E, além da inscrição no Bolsa Família, também existem algumas regras para ter direito a participação no programa social da conta de energia elétrica. Descubra quais são os requisitos e saiba mais sobre o programa que é direito dos beneficiários do programa Bolsa Família.

Tarifa Social de Energia Elétrica

O programa social do Bolsa Família funciona de forma a dar descontos para as famílias de baixa renda ao passo que um dos principais fundamentos é ter o consumo consciente da energia elétrica disponível.

Então, basicamente, funciona assim: para você ter direito aos descontos do Tarifa Social de Energia Elétrica a sua família precisa gastar menos energia. Para se ter ideia, o maior desconto é de 65% na fatura, mas para isso é preciso consumir no máximo 30 KWh no mês.

Já para quem consome entre 31 KWh até 100 KWh no mês, a tarifa paga terá um desconto percentual de 40% no valor total. O desconto cai para 10% para quem consumir entre 101 KWh e 220 KWh no mês de energia. E se o consumo for acima disso, não há descontos.

E ainda há uma regra: as famílias indígenas ou quilombolas inscritas no CadÚnico podem ter descontos de até 100% até o limite do consumo de 50 KWh no mês de energia elétrica.

Portanto, considere que o programa social do Bolsa Família visa o benefício às famílias de baixa renda ao mesmo tempo que em promove o consumo consciente de energia elétrica, tornando assim um programa de múltipla eficiência.

Inscrição no Bolsa Família dá direito a Tarifa Social de Energia Elétrica 1

Inscrição no Bolsa Família

Para fazer a inscrição no Bolsa Família a melhor alternativa é buscar as secretarias sociais e a prefeitura da sua cidade, já que o processo passa pelo cadastro ativo no CadÚnico, que é o Cadastro Único do governo federal.

Outra alternativa para ter direito ao benefício social do Bolsa Família é receber o BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social).

Depois, com a inscrição Bolsa Família feita basta você ir até a companhia de energia elétrica da sua região e se informar sobre o programa Tarifa Social de Energia Elétrica. E para isso, leve os seus documentos pessoais, CPF e número do Benefício (ou Cartão Bolsa Família).

Lembrando que a Tarifa Social de Energia Elétrica existem desde 2010 e é caracterizadas por conceder descontos incidentes sobre as tarifas aplicáveis à classe de residências das distribuidoras de energia elétrica no país.

Da redação