Como calcular o FGTS

Para calcular o FGTS é simples e você levará alguns minutos apenas. O FGTS é um direito de todo trabalhador formal e pode ser usado para vários fins, como em casos graves de doenças ou mesmo para amortizar um financiamento imobiliário. Por isso, descubra como calcular FGTS e como fazer o saque.

Leve em conta ainda que o valor quando não pode ser resgatado deve ser mantido em conta seguindo o calendário de saque do FGTS e isso gera juros, ao passo que no decorrer dos anos, o trabalhador pode acumular o benefício aumentando o seu patrimônio. Por isso, é importante saber calcular o FGTS.

Como calcular o FGTS 1

Por exemplo, depois que aposentar, o trabalhador pode sacar o FGTS para usar como quiser, sendo para comprar imóveis, viajar, trocar de carro ou investir no próprio negócio. Confira o que é preciso para ter direito ao saque do FGTS.

O que é o FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos direitos trabalhistas mais conhecidos no Brasil. Com o benefício é possível financiar a compra de imóveis, por exemplo.

Hoje em dia o FGTS fica por conta da Caixa Econômica Federal, sendo que o empregador deve fazer depósitos periódicos na conta de cada trabalhador e o saldo é corrigido com juros. Então, nesses casos, calcular o FGTS fica por conta da Caixa junto com o governo.

Todos os trabalhadores com carteira assinada (isto é com CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas) têm direito a receber o FGTS em algum momento. Além disso, trabalhadores rurais, temporários, atletas e domésticos também têm direito ao FGTS.

Calculadora do FGTS

Quem deposita o valor do FGTS é o empregador, sendo que a regra é que esse valor seja correspondente a 8% do salário do empregado ou de 2% se for menor aprendiz. E essa fração deve ser incidente sobre toda a renda e é importante para calcular o FGTS.

Então, incluem-se na conta para calcular o FGTS as horas extras, os adicionais, as comissões, o 13º salário, férias, etc. Já quanto ao saldo, a correção é de 3% ao ano, o que dá algo como 0,25% ao ano, mas isso pode variar de ano em ano.

Muito tem se falado na calculadora do FGTS que são opções de plataforma que fazem esse cálculo do FGTS, considerando o salário bruto e o período trabalhado. Uma novidade é que o aplicativo da Caixa também fornece a calculado do FGTS de forma gratuita.

Saque do FGTS

Um ponto muitíssimo importante e que gera dúvidas nas pessoas é sobre o saque do FGTS. Afinal, você sabe que não é sempre que poderá resgatar o valor. Então, considere que a 1ª ocasião para saque do FGTS é quando o trabalhador é demitido sem justa causa.

Em outras situações, podemos considerar também: em comum acordo, término do prazo de contrato, aposentadoria, falecimento, doenças graves ou terminais na família, extinção da empresa, amortização do saldo em imóveis (financiamentos e consórcios).

Portanto, considere que quando ao saque do FGTS, geralmente ele está ligado às situações de dificuldade financeira, como uma demissão inesperada ou doenças, além de investimentos em imóveis, que tem a ver com a moradia de uma família.

Calendário FGTS

Hoje em dia não existe um calendário de FGTS, mas é importante se atentar as datas de saque do FGTS porque existem motivações para isso. Por exemplo, em caso de rescisão de contrato trabalhista, o empregador deve comunicar a Caixa em até 5 dias úteis após a rescisão.

Já para os demais casos, a solicitação de saque não tem a ver com esse calendário do FGTS, portanto, o trabalhador ou o representante deve comparecer a agência com os documentos pessoais para realizar o saque do FGTS.

Da redação