9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos

Ter um novo membro no grupinho mexe com a dinâmica de toda família, principalmente quando acabamos enfrentando algumas situações bem curiosas. Quando um bebê chega, podemos notar que eles não são da maneira como esperávamos, pois, muitas vezes, eles acabam tendo um comportamento bem diferente.

Seja dormindo o dia inteiro, ou com a pele apresentando algumas características bem inusitadas, os recém-nascidos contam com algumas particularidades que podem surpreender muita gente, principalmente os pais de primeira viagem. Se você quer ficar por dentro de tudo isso, confira em nosso artigo alguns fatos curiosos sobre bebês.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Eles podem ser vesgos no início

Quem já teve filho com certeza ficou preocupado com essa situação. Enquanto são pequenos, e estão vendo o mundo pela primeira vez, as crianças acabam deixando os pais de cabelo em pé. Afinal, eles podem notar que os olhos da criança não são bem da maneira como esperavam.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Pensar que as crianças são vesgas acaba sendo comum entre os pais, que notam que os olhinhos do bebê realmente estão um pouco diferentes. No entanto, isso é normal, e acontece porque os pequenos ainda estão se acostumando com os olhos, e por isso, ficam “treinando” eles.

Esse treinamento dos músculos dos olhos acaba fazendo com que a criança fique vesga durante alguns momentos, mas, como dissemos, isso é totalmente normal. Contudo, caso perceba que isso está acontecendo com uma frequência muito grande, pode ser que uma ida ao médico se faça necessária.

Caspinhas surgindo na cabeça da criança

Quem está tentando contato com um recém-nascido pode acabar se surpreendendo com isso, afinal, ninguém fala por aí que as crianças podem ter caspa assim que nascem. Esse processo é chamado de descamação da pele e, para a sorte de todos nós, é totalmente normal.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

A dermatite seborreica, como também é conhecida, é comum entre os recém-nascidos e tem tratamentos bem eficazes contra ela já desenvolvidos. Uma maneira de se livrar disso, é removendo a crosta com a ajuda de um óleo, antes do pequeno tomar banho.

Além disso, também é preciso massagear a região, mas de maneira bem suave. Outro ponto a ser destacado é que não é recomendada a utilização de cremes na região, ou ainda o uso de gorros na criança, pois isso pode fazer com que a situação piore. Apesar de ninguém falar muito disso por aí, nossos bebês têm sim que lidar com caspas quando nascem.

Eles adoram curtir uma boa música

Diversos estudos já apontam que as músicas podem ajudar (e muito) no desenvolvimento da criança. Porém, o que você ainda não sabe, é que as crianças gostam muito de ouvir esses sons tão diferentes a ela, e isso pode poupar o seu ouvido de escutar longas horas de choro durante o dia.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque, quando escutam música, os bebês tendem a ficar até o dobro do tempo mais calmos do que quando escutam uma pessoa conversando com ela. Além desse benefício que vai aliviar a vida de muitos pais, também existem vários outros que ajudam o seu bebê.

Escutar música faz com que seu bebê trabalhe a audição e a fala, além de também contribuir para o desenvolvimento intelectual e sensorial da criança. Além disso, mostra para a criança que ela pode se comunicar através daquela maneira, estimulando que ela se expresse melhor.

Eles têm mais do que você imagina

Isso pode parecer estranho em um primeiro momento, mas depois começa a fazer sentido. Os bebês têm mais ossos do que os adultos, e essa diferença não é nem um pouco baixa. Um adulto, por exemplo, tem 206 ossos, enquanto que um bebê tem cerca de 99 a mais, totalizando 305.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Mas, existe uma explicação para isso. Quando a criança nasce, a maioria dos “ossos” dela ainda não estão formados e é por isso, inclusive, que elas não podem andar, como os filhotes de outros animais. Grande parte do que se torna osso no futuro é apenas cartilagem nos momentos iniciais da vida humana.

No entanto, isso começa a mudar bem rápido. Em pouco tempo, essas cartilagens vão se tornando ossos, e esses ossos vão se juntando a outros, formando os ossos que teremos quando nos tornamos adultos. Esse processo é conhecido pelo nome de ossificação.

Eles não são capazes de produzir lágrimas

Quem já teve contato com um recém-nascido sabe que, apesar de chorar, nem sempre isso quer dizer que vai descer alguma lágrima deles. Muitos pais imaginam que isso acaba sendo a famosa “birra”, porém, isso está longe de ser verdade, já que se trata apenas de questões biológicas.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Os cientistas ainda não sabem exatamente o que causa isso, mas os bebês recém-nascidos não têm a capacidade de produzir lágrimas. Isso faz com que, mesmo enquanto estiverem esperneando, não caia uma gota de lágrima de seus rostos. Apesar de não saberem ao certo o porquê, existem algumas teorias.

A mais aceita atualmente é que os ductos que são responsáveis pela saída de lágrimas ainda não estão abertos, o que impossibilita que os bebês produzam lágrimas. Isso acaba não afetando a criança, já que, durante os primeiros meses, ela não tem a necessidade de fazer com que os olhos fiquem úmidos.

Eles são inchados durante os primeiros dias de vida

Bebezinhos nascem inchados, e muitos pais se assustam quando veem seus filhos pela primeira vez, afinal, ninguém avisa que isso acontece. A parte do corpo que mais sofre com isso são os olhos, porém, outros órgãos, como os sexuais, também podem aparecer inchados.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Existe uma explicação lógica para isso. Antes de nascer, o bebê acaba recebendo uma quantidade imensa de hormônios femininos, o que faz com que ele apresente todo esse inchaço assim que o parto é realizado. Esse volume corporal se perpetua durante alguns dias.

No entanto, naturalmente, esse inchaço passa com poucos dias, e por isso, os pais não precisam se preocupar em ver o bebê “diminuindo” de tamanho. Na verdade, ele só está ficando com o tamanho natural dele, se livrando do inchaço causado pelos hormônios antes do parto.

Eles só conseguem olhar para as mamães

Se alguma vez você ficou sabendo de alguém que disse que os bebês só têm olhos para as mães deles, saiba que isso não é bem mentira. Os pequenos, durante a primeira semana de vida, têm a visão bem limitada, e por isso, só conseguem enxergar o que está bem próximo a eles.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

E o que está mais próximo do que um bebê do que sua mãe? Ele passa boa parte do dia dele mamando, e por isso, o que ele mais vê, durante os primeiros dias, é o rosto de sua mãe. E isso não é algo ruim, já que reforça os laços entre eles, e o bebê adora ter algo para olhar.

Para a criança, o rosto da mãe é a coisa mais interessante do mundo, e por isso, eles ficam vidrados nele durante dias. A visão deles não enxerga nada que esteja a uma distância maior do que 30 centímetros, logo, se quiser ser notado por uma criança recém-nascida, você tem que chegar realmente perto dela.

A coisa que mais gostam de fazer é dormir

Se você se considera dorminhoco, saiba que as crianças dormem muito mais do que você. Os pequenos são viciados em dormir e fazem isso, em média, durante 16 horas de cada dia, ficando apenas 8 horas do dia acordado. Porém, tudo isso é bem distribuído.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Apesar de dormirem tanto, isso não quer dizer que eles vão dormir exatamente no mesmo horário que os pais. Durante a noite, por exemplo, é comum que eles acordem com fome, o que faz com que os pais percam algumas horas de sono apenas para alimentar a criança.

As longas sonecas da criança não são um problema, já que o hormônio responsável por fazer com que ela cresça é liberado apenas quando ela está dormindo. Por isso, caso o seu bebê apresente mais sono do que o que você julga ser normal, fique tranquilo, pois ele está apenas crescendo.

O primeiro cocô é bem estranho

A criança não se alimenta do leite materno dentro da barriga da mãe, e por isso, não tem como ela fazer o cocô que estamos habituados a ver saindo de seres humanos. Porém, isso não quer dizer que elas não vão defecar, e o que vai sair dela é, no mínimo, bizarro.

9 fatos curiosos sobre os recém-nascidos
Foto: (reprodução/internet)

Chamado de mecônio, o primeiro cocô da criança pode assustar muita gente, já que a aparência dele é diferente. De tom bem escuro, e com uma consistência diferente, viscosa, quase pastosa, ele pode acabar assustando os pais que não sabem que isso acontece.

Isso acontece por conta dos alimentos que ele recebia enquanto estava no útero, e é completamente normal. Conforme ele for sendo amamentado, as fezes vão ficando mais parecidas com o que somos habituados, e logo ele estará fazendo cocô normalmente.

Lembre-se que você já foi assim um dia

Quando estiver olhando para um bebê, e pensando o porquê deles estarem fazendo alguma “estranheza”, lembre-se sempre que você, há alguns anos, também era da mesma maneira. Eles são humanos em desenvolvimento, por isso ainda não sabem nem mesmo como o próprio corpo funciona, o que explica muitas das curiosidades.

A própria vesguice de quando são pequenos faz parte desse processo de autoconhecimento, assim como outros hábitos diferentes que ele possa ter. Além disso, quando somos pequenos, temos necessidades biológicas diferentes, o que explica as longas horas de sono e outras questões relacionadas a isso. Nossos pequenos são especiais e únicos, como já deve ter notado.

References

músicas podem ajudarMúsica para bebê: Entenda os benefícios – Clínica Infantil Santa Isabella