Farmacinha do bebê: coisas que não podem faltar

A farmacinha do bebê é importante porque a regra é geral: as crianças sempre precisam de alguns cuidados emergenciais e esses imprevistos acontecem em horários bem inusitados só para pregar peças nas mamães e nos papais.

Para estar sempre um passo a frente, o ideal é até mesmo montar a farmacinha do bebê antes que ele chegue. Essa farmácia deve estar sempre abastecida de itens que vão mudando conforme a necessidade da criança.

Além dos produtos de higiene pessoal para manter seu bebê limpinho e cheiroso, você vai precisar de outros itens indispensáveis, que muitas vezes são esquecidos por adultos que não têm crianças em casa. Se você não sabe quais são eles, continue a leitura, anote tudo e vamos às compras na farmácia!

Farmacinha do bebê: coisas que não podem faltar
Foto: (reprodução/internet)

Farmacinha do bebê: produtos que toda mãe deve ter sempre

Os itens listados foram selecionados pensando nos bebês recém-nascidos. Porém, vários deles você vai precisar manter na farmacinha até mesmo quando ele se tornar uma criança maior. Com o tempo – e ele passa bem depressa – você vai desenvolvendo a habilidade de não deixar faltar nada que seus filhos possam precisar.

É importante manter tudo sempre guardadinho e bem higienizado. Hoje em dia, as farmacinhas do bebê esbanjam charme: são caixinhas organizadoras e muito bem decoradas com o tamanho ideal para guardar tudo que possivelmente vai precisar.

Algodão

Para qualquer tipo de necessidade de higienizar ou aplicar alguns produtos, o algodão pode ser um grande aliado. Ele é macio e não vai irritar a pele do seu bebê, sendo ideal para limpeza do coto umbilical, os olhos e as dobrinhas.

Álcool 70%

Ele veio mesmo para ficar e não faltar na farmacinha do bebê.

Antes da pandemia, muitas pessoas usavam álcool 70% apenas durante sua estadia nos hospitais. Entretanto, foi neste ano que entendemos de fato a importância desse produto que hoje se tornou essencial. 

Com o seu bebê não é diferente, tanto para manuseá-lo quanto para higienizar o coto umbilical até a cicatrização, o ideal é utilizar o álcool 70% que pode ser aplicado com algodão. É importante lembrar que o uso também é indispensável para possíveis visitas ao bebê. 

Antes de pegar o bebê no colo, todos devemos higienizar as mãos adequadamente.

Termômetro

Você vai precisar de um termômetro para medir a temperatura do bebê para conferir eventuais febres. As opções digitais são muito práticas, mas caso prefira existem ainda os modelos tradicionais.

Remédios e pomadas

Quando pensamos em farmácia logo relacionamos com medicamentos. Porém, não se esqueça que todos os medicamentos da sua farmacinha devem ser devidamente prescritos por um médico pediatra. Jamais faça automedicação e muito menos para os pequenos.

É interessante ter na farmacinha do bebê medicamentos para febre, enjoo, cólica ou diarreia, mas ressaltando: antes de tudo converse com o pediatra da criança para prescrever os mais indicados, guarde a bula e sempre antes de usar cheque a data de validade.

As pomadas para assaduras são as mais comuns para crianças que ainda usam fraldas, sendo completamente indispensáveis. Em especial, as pomadas são muito utilizadas nos dias quentes em que a pele do bebê é mais agredida, portanto, não deixe faltar!

Assista abaixo dicas de como tratar e evitar assaduras:

Outras pomadas, como aquelas que tratam picadas de insetos e alergias também são importantes!

Soro fisiológico e aspirador nasal

O aspirador nasal é excelente para sugar as secreções nasais dos pequenos que ainda não sabem como fazer isso sozinhos, assim como o soro fisiológico que ajuda na limpeza das vias respiratórias. Ambos devem ser usados com a recomendação do pediatra.

Kit de primeiros socorros para os arteiros

Quando as crianças crescerem, você vai precisar de uma ajudinha do kit de primeiros socorros. Afinal, durante as brincadeiras é bastante comum acontecer acidentes. Então, é interessante ter:

  • Curativos adesivos;
  • Gaze;
  • Líquido bactericida;
  • Esparadrapos.

E claro, o tradicional e indispensável beijinho de mãe que faz sarar tudo!

Conclusão

Embora pareça um bicho de sete cabeças, montar a farmacinha do bebê em casa não é tão difícil assim. Com um pouco de prática, você vai saber exatamente como administrar esses itens no dia a dia!

Veja mais dicas de cuidados com a rotina do seu bebê neste post.