Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos

São vários os desafios que vêm junto ao criar um filho, a incerteza de se estar fazendo um bom trabalho paira na cabeça dos pais a todo momento. Dar ou não a chupeta, qual a idade certa de colocar na escola, dar alimentos sólidos para o seu bebê, essas são algumas das maiores dúvidas que os pais têm no período de desenvolvimento de seu filho(a).

Mas como saber qual o momento certo de realizar essas mudanças? De acordo com profissionais da saúde e especialistas em amamentação, o período para começar a dar comida para seu bebê é a partir dos 6 meses de vida, e ainda sim, ele apresentará sinais de que está pronto para consumir o alimento.

Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos
Fonte: (Reprodução/internet)

Mitos sobre a introdução alimentar

Há muitos mitos e informações desatualizadas nas redes sobre o início de alimentos na vida de um bebe. Um deles é de que exista um peso ideal ou, caso o bebe dobre de peso, ele já está pronto para receber alimentos, independente de sua idade. O que é falso, já que a OMS recomenda iniciar sólidos a partir dos 6 meses ou mais tarde.

Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos
Fonte: (Reprodução/internet)

Outro mito que rodeia mães e pais é de que se o seu filho for grande o leite materno produzido não será suficiente para sua nutrição. Sendo esta uma afirmação falsa, já que quase todas as mães podem produzir leite para amamentar até os trigêmeos.

Além disso, os bebês não aumentam a quantidade de leite que consomem mesmo após as 4 primeiras semanas. Vale lembrar que, as primeiras recomendações para um bebê ganhar peso é diminuir ou eliminar alimentos sólidos e amamentar com mais frequência.

Amamentação

Ainda seguindo um pouco a linha dos mitos, há quem diga que não há ferro suficiente no leite materno. No entanto, apesar de possuir níveis menores em comparação a fórmula alimentar, o ferro presente no leite materno é mais facilmente absorvido pelo intestino do bebê.

Apenas após os 6 meses ou 1 ano de vida que o nené, precisará de uma fonte adicional de ferro além do leite. Além disso, a amamentação exclusiva até os 6 meses faz com que o bebê ganhe maiores nutrientes de proteção imunológica e assim limita a sua exposição aos patógenos, nesta idade que é tão vulnerável para criança.

Participação do bebê nas refeições

Antes do seu filho(a) começar a consumir alimentos sólidos, há algumas coisas que podem ser feitas para deixá-lo participar das refeições. Como por exemplo, deixar que ele participe dos momentos de refeição à mesa com a família e oferecer talheres, vasilhas para que ele possa manipular.

Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos
Fonte: (Reprodução/internet)

Permita que o bebê beba água do seu copo ou através do canudo, ou dê a ele um copo com água ou leite materno para o entreter durante a refeição, a quantidade de 30 a 80 ml já é necessário. Caso ele não consiga usar o canudo, você pode bloquear a parte superior com o dedo, prendendo o líquido, e depois deixar o bebê tomar da parte inferior do canudo, ao retirar o dedo.

Essas dicas são uma sugestão para aquele momento em que o momento bebê demonstra animação para participar da refeição, na fase dos 4 a 5 meses. Apesar de aparentarem estarem prontos para introdução de alimentos sólidos, o indicado é que essa nova experiência seja feita a partir dos 6 meses de vida.

Desinteresse em alimentos sólidos

Apesar de toda ansiedade em volta da introdução de alimentos sólidos na vida do bebê, ainda é possível que ele não esteja preparado para esta mudança em sua vida. Contudo, isso não é motivo para se preocupar.

Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos
Fonte: (Reprodução/internet)

Os bebês que não se interessam por comida podem continuar se alimentando apenas com o leite materno até os 9-12 meses ou um pouco depois, e ainda sim garantir seu crescimento e desenvolvimento normalmente.

Após os seis meses de vida, os bebês podem acabar por precisar de mais fontes de ferro e zinco além do fornecido pelo leite materno, porém nem sempre eles estão preparados para ingerir o novo alimento. Apesar disso, o leite materno constitui a maior parte da nutrição do bebê até seu 1 ano de vida.

Sinais dados pelo bebê para introdução de alimentos

Há alguns sinais que podem ser observados em seu filho(a) que indicam que ele já está preparado para receber alimentos sólidos. Um deles é em relação a postura do bebê, quando ele já começa a sentar sem precisar (ou quase) de apoio.

Estes sinais indicam que seu bebê está pronto para alimentos sólidos
Fonte: (Reprodução/internet)

Quando o baby começa a tentar pegar outros objetos e alimentos com as mãos, o movimento de pinça, e a animação na hora das refeições, tentado pegar a comida para pôr na boca são outros indicadores de que ele está preparado para consumir novos alimentos.

Lembrando que o ato de raspar os dedos e prender o alimento na mão não substitui o de pinça. Outro sinal é de quando ele não empurra automaticamente a comida com a língua assim que chega na boca, mostrando que perdeu o reflexo de protrusão da língua. Assim o bebê está pronto para começar a mastigar.

Aumento no consumo de leite materno

Há quem diga que um sinal demonstrado pelo o bebê em relação a introdução de alimentos sólidos é quando eles aumentam, a longo prazo, o consumo de leite durante a amamentação, porém este é um caso difícil de ser avaliado.

Como essa situação pode estar relacionada a doenças, mudanças de rotina e o seu desenvolvimento, como a fase da dentição. Assim, é bom certificar-se de conferir todos os outros sinais como um todo, porque só o aumento na frequência da amamentação não é suficiente. Acesse aqui e confira as maiores dúvidas sobre amamentação respondidas.

Vídeo – Dicas sobre introdução alimentar

Além dos mitos e sinais a cerca da introdução da alimentação, o canal do Youtube “Macetes de Mãe” fez um vídeo para acalmar as mães que irão começar a dar alimentos sólidos para seus filhos, e assim tranquilizar na hora da refeição.

Assim, lembre-se a alimentação com alimentos sólidos é recomendada a partir dos 6 meses de vida segundo especialistas e a OMS. Com essas dicas e informações você mãe ou pai já estarão cientes em como e quando começar a alimentar seu baby.