Entenda quais são as vacinas fundamentais para gestantes e recém nascidos

A gestação é um momento mágico e delicado na vida de todas as mulheres. São os primeiros momentos de conexão com seu filho que está por vir, e, durante este momento, cuidados devem ser tomados. A saúde da mamãe e do bebê devem ser prioridade no período de gestação e pós-parto.

Um dos principais e mais importantes assuntos ligados à saúde do bebê e de uma gestante é a vacinação. Além de proteção para o próprio indivíduo, a vacinação é um ato de civilidade que contribui para a diminuição de diversas doenças entre toda a população. 

Entenda quais são as vacinas fundamentais para gestantes e recém nascidos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Importância da vacina para gestantes e recém-nascidos

O período gestacional é de extrema importância e exige cuidados específicos. Durante a gestação, os primeiros anticorpos são passados da mãe para o bebê, por isso, é importante que a vacinação já ocorra neste momento. 

Entenda quais são as vacinas fundamentais para gestantes e recém nascidos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Além da importância de uma gestante zelar pela própria saúde, a mesma deve pensar na saúde do bebê, que primeiro receberá anticorpos através da placenta e em seguida através do leite materno. A proteção é fundamental nos primeiros meses de vida de um bebê, e tamanho cuidado pode prevenir a mãe e o bebê de possíveis complicações.

A infância é o momento em que a maioria das vacinas são aplicadas. Entre o período do nascimento até os dois anos de idade, um calendário vacinal é predefinido e está disponível em todas as unidades da rede pública de saúde. Nesta fase, é essencial que os pais busquem vacinar seus filhos. 

Vacinas para gestantes dadas pelo SUS

As vacinas recomendadas para gestantes são uma parte importante do pré-natal. Elas preveem e asseguram que a mulher grávida passará por um período gestacional seguro e tranquilo para si e para o bebê que está a caminho. 

Entenda quais são as vacinas fundamentais para gestantes e recém nascidos
fonte: (Reprodução/Internet)

Com mais de 40 anos como um dos maiores programas de imunização do mundo, o Brasil disponibiliza vacinação acessível para todas as gestantes. Com toda essa movimentação que há para a saúde do bebê e da mãe, o Ministério da Saúde disponibiliza as vacinas para este período gestacional, que são: 

Hepatite B

A vacinação que protege da hepatite B é responsável por imunizar mães e bebês desta doença que atinge o fígado causando inflação e que, no caso de cronificação, pode causar câncer e cirrose. Esta vacina deve ser tomada no caso da mãe não ter tomado anteriormente, ou completado o esquema de vacinação necessário. 

dT

Essa vacina é divida em duas doses e previne contra tétano e difteria. E, assim como no caso da vacina contra hepatite B, é necessário que essa seja tomada no caso da gestante não ter tomado anteriormente, ou não ter completado a dosagem necessária. 

dTpa

Essa vacina funciona como um complemento para a dT. Além de proteger contra tétano e difteria, ela também previne a coqueluche. Além disso, deve ser repetida a cada gestação, a partir da 20ª semana. Para isso, o Ministério da Saúde também recomenda que a gestante não vacinada corretamente, receba duas doses da dT e mais duas de dTpa.

Gripe

Também recomendada para gestantes, a vacina de gripe protege contra os principais tipos do vírus influenza, que provocam a doença. A recomendação é que seja uma dose anual durante qualquer fase da gestação e também a cada gestação. Também recomenda-se que seja dada cedo, preferencialmente no primeiro trimestre.

Vacinação para recém-nascidos

Após o nascimento, os bebês necessitam de cuidados especiais, pois ainda não possuem as defesas necessárias do corpo para que consigam combater doenças e infecções. Por isso, as vacinas são fundamentais a partir dos primeiros momentos de vida do pequeno.

Entenda quais são as vacinas fundamentais para gestantes e recém nascidos
Fonte: (Reprodução/Internet)

BCG 

Esta é uma vacina de dose única que é aplicada ainda na maternidade. O objetivo é proteger o recém-nascido do Bacilo Calmette-Guerin, que causa a tuberculose, uma doença altamente transmissível e infecciosa. 

Hepatite B

Outra vacina de grande importância logo nos primeiros momentos de vida do bebê é a contra hepatite B. São diversas doses, e a primeira é aplicada na região do músculo da coxa logo nas primeiras 12 horas de vida.

Tenha acompanhamento médico 

É de extrema importância que a mãe e o bebê tenham acompanhamento médico frequente, desde o momento em que a gravidez é descoberta. Em alguns casos específicos mais vacinas são necessárias, além de outros cuidados. Por isso, busque auxílio de um especialista para a segurança e bem-estar de ambos.

Leita também: Essas são as perguntas que deve fazer a si mesma ao elaborar um plano de parto.