Empréstimo Bolsa Família – Como Solicitar Agora

Todos os anos são liberados recursos para que os beneficiários do programa Bolsa Família possam solicitar o empréstimo para investir em seus próprios projetos. Neste ano, mais de R$ 4 milhões foram aprovados pelo governo.

O crédito é disponibilizado pelos bancos parceiros e possuem taxas de juros mais acessíveis, além de prazos que condizem com a realidade de cada interessado. Veja o que é preciso para solicitar o empréstimo Bolsa Família.

Empréstimo Bolsa Família - Como Solicitar Agora

E saiba que o crédito não é descontado do benefício social, sendo que esse é apenas um requisito para solicitar o empréstimo e todo beneficiário vai continuar recebendo o Bolsa Família mensalmente, como é de direito.

Empréstimo Bolsa Família – o que é

Antes de tudo vamos considerar que o governo federal incentiva o que é chamado de microcrédito produtivo para empreendedores através do plano progredir. Depois, considere que no dito popular o crédito é chamado de empréstimo bolsa família.

Então, os recursos são voltados para empresários que querem investir em seus próprios projetos, como financiar a compra de equipamentos e insumos ou investir na capacitação profissional, com cursos e aprendizados.

Dessa forma, ser beneficiário do Bolsa Família é um requisito para solicitar o empréstimo, mas isso não quer dizer que as parcelas serão descontadas do benefício. Ao contrário, o beneficiário vai continuar recebendo a renda do programa social.

Considere também que para solicitar o empréstimo Bolsa Família não é obrigatório ser um MEI (Microempreendedor Individual), assim, esse pode ser um diferencial, mas não uma obrigatoriedade. Veja o que é preciso para solicitar o empréstimo.

Como Solicitar Empréstimo Bolsa Família

É muito importante considerar o caminho correto para solicitar o empréstimo do Bolsa Família, sendo que ainda que existam muitos bancos parceiros do programa, o interessado não deve ir até uma agência para fazer o pedido.

A melhor maneira de fazer o pedido do crédito é através da plataforma digital do Ministério do Desenvolvimento Social, no Plano Progredir. É lá, de forma online, que o consumidor pode solicitar o empréstimo Bolsa Família.

Na página de acesso, os passos seguintes serão sobre preenchimento de formulário pessoal, que incluem informações como nome completo, número do RG e do CPF, além do número do CadÚnico, que garante a participação no Bolsa Família.

Depois disso, o ministério vai fazer uma análise sobre cada novo pedido que é feito a fim de aprovar a solicitação do empréstimo Bolsa Família. E enviar os dados para todos os bancos parceiros, que aí sim entrarão em contato com os solicitantes.

As taxas do Empréstimo do Bolsa Família

O Plano Progredir não diz quais são as taxas de juros ou tarifas cobradas no empréstimo do Bolsa Família, no entanto, garante que cada banco parceiro pode ter as suas próprias condições e cabe ao interessado aprovar ou não tais condicionamentos.

Apenas para que você tenha um exemplo real disso, saiba que a Caixa (um dos bancos parceiros) tem uma linha de crédito para empreendedores com taxa de juros a partir de 3,3% ao mês e uma tarifa de 3% sobre o valor emprestado.

Da redação