Dívida Protestada – tudo o que você tem que saber sobre isso!

A gente vai falar de dívida protestada ou dívida em cartório como também se diz hoje em dia. Então, antes mesmo de começar a ler, considere: o que você sabe sobre isso?

Se não sabe nada, talvez isso seja bom porque quer dizer que você não tem protesto em seu nome. Por outro lado, se não sabe o que é, mas tem dívidas, então, o mais importante de tudo é entender como sair dessa, não é mesmo?

Dívida Protestada – tudo o que você tem que saber sobre isso!

Se você tem um protesto no seu nome, fica ligado que a gente vai mostrar como você pode se livrar dessa enrascada. Combinado?

Como resolver o protesto!

Se você recebeu uma notificação de protesto em seu nome, saiba, antes de tudo, que tem como resolver isso. Então, nada de criar pânico, de se assustar ou sair por aí feito doido pedindo empréstimo!

Como resolver isso?

É o seguinte: o protesto é quando uma pessoa ou empresa deixa de pagar algum título e o credor faz esse registro no cartório.

Então: protesto é o mesmo que registro de dívida no cartório, ok?

Basicamente, é uma forma de formalizar que essa dívida existe. E para a empresa isso é muito necessário já que, muitas vezes, o caso vai parar na justiça.

Agora, como dar um jeito?

Calma, que sobre a dívida protestada dá para dar um jeito.

A primeira coisa que você deve fazer é consultar o CPF no site do serasa.com.br e descobrir em qual cartório está protestado.

E para você saber o endereço do cartório é só dar uma olhada no Google com o número e a localidade que foi informada pelo Serasa.

Com as informações da dívida e da empresa onde você está devendo, você vai precisar, claro, pagar a sua dívida!

O segundo passo!

Depois de consultar o CPF no Serasa e pagar a dívida tem ainda outro passo importante: você precisa pedir para empresa a carta de anuência.

A carta de anuência é a declaração que você pagou essa dívida e que ela pode ser retirada do cartório.

E, por último, você deve levar essa declaração até o cartório para que o protesto seja retirado do seu nome. Beleza?

Depois que você apresenta a carta de anuência, o cartório envia para a Serasa as informações de pagamento. E, a real é que não tem um prazo certo para que o seu nome fique limpo.

Depende de cada cartório.

Alternativa

E se você preferir dá também para enviar para a Serasa a certidão do cancelamento que o cartório vai te entregar. É só montar uma cartinha simples com os seus dados.

Ah, e para mais saber: consultar o seu nome no site serasa consumidor é grátis. E você pode fazer isso quantas vezes você quiser. Tá bom?

Já os cartórios cobram uma taxa para regularizar títulos e cada cartório cobra um valor. Então, sempre consulte o seu CPF antes de ir até o cartório!