Como iniciar o desmame do bebê – Dicas que podem ajudar nesse processo

O desmame do bebê sempre dói no coração de cada mãe. Tirar o filho do peito não é tarefa fácil! Afinal, este é um momento em que existe uma ligação muito especial entre o bebê e a mãe.

Mas, cedo ou tarde, a criança precisa passar a mamar na mamadeira ou em um copo, até porque o leite materno não é infinito. Por isso, sempre é bom para você, mãe, ter em mente os melhores métodos de desmame do seu pequeno.

Então, se você quer se sentir segura quando chegar este momento, apresentaremos a seguir um processo gradativo e científico! Continue a leitura para saber mais.

Como iniciar o desmame do bebê - Dicas que podem ajudar nesse processo
Foto: (reprodução/internet)

Quais sinais indicam que a criança está pronta para o desmame?

Há uma série de sinais que mostram se o seu bebê está ou não pronto para o desmame:

  • Aceitação por parte da criança de uma ampla variedade de alimentos;
  • Não aceitar mamar em determinados locais ou ocasiões;
  • Dormir de vez em quando sem mamar no peito;
  • Preferir fazer outra atividade ao invés de mamar;
  • Ter idade superior a um ano;
  • Não se mostrar muito interessado nas mamadas.

Agora que você já sabe o momento certo de fazer o desmame do seu bebê, vamos para as dicas que a ajudarão nesse processo!

Dicas para fazer o desmame no bebê

1. Busque identificar as necessidades

O bebê pegar o peito nem sempre quer dizer que ele esteja com fome. Muitas vezes, ele só faz isso para satisfazer suas necessidades, que poderiam ser sanadas com outras coisas, como por exemplo: um pouco de água, alimentos físicos, colo e brincadeiras.

Então, uma das formas que você poderá usar para ele largar o peito é se utilizar de uma dessas atividades alternativas. Desse modo, ele verá que poderá ser atendido de outras formas igualmente satisfatórias.

2. Fixe um local para amamentar

Os bebês reparam muito nos locais onde estão, então costumam estranhar um local que não conhecem. Quando você amamenta o bebê, no mesmo lugar repetidas vezes, ele se acostuma a mamar somente ali.

Portanto, é muito importante que esse local não seja onde ele mais brinca, como na sala. Se isso acontecer, ele acabará interrompendo suas brincadeiras para mamar. 

3. Determine um tempo para a amamentação

Construir o hábito de deixar o bebê sugando o seu peito apenas por um determinado período de tempo evita que ele só fique brincando com o peito e não mame. Para fazer isso, você pode usar uma música curta que o seu filho goste para marcar o período de tempo, e, quando ela acabar você o tira do seu peito.

No começo, se ele quiser mamar mais, você pode repetir o processo. Então, com o tempo, ele irá se acostumar com esse hábito e irá mamar durante aquele período de tempo.

4. Não ofereça o peito automaticamente

Muitas mães, ao primeiro sinal do bebê, já dão o peito para ele automaticamente. Neste método, você não irá negar que o bebê mame em seu peito, mas irá evitar oferecer o seu peito.

Quem sabe você possa se surpreender ao saber que o seu bebê está tão pronto quanto você para parar de mamar. 

Passar coisas com gosto ruim no peito para o bebê desmamar?

Essa é uma prática usada por grande parte dos brasileiros. Ela consiste em colocar substâncias azedas ou amargas no peito para que, quando o filho for mamar, ele estranhe o gosto ruim e não queira mais mamar no peito.

Isso pode até funcionar, mas ele é muito negativo para o bebê. O desmame do bebê deve ser feito de forma gradual, e não de forma tão abrupta. Logo, essa estratégia pode afetar o desenvolvimento social e mental dele, como também o elo entre mãe e bebê.

Além disso, ele aumenta os riscos de desidratação e desnutrição da criança, podendo também fazer com que ele não fique interessado em conhecer alimentos diferentes. De qualquer forma, é uma experiência extremamente ruim para o bebê sentir um gosto ruim no local ou ele mais tem prazer.

Seios continuam cheios de leite depois do desmame do bebê?

Se os seus seios ainda estão cheios depois de desmamar o bebê, é provável que você tenha iniciado muito cedo o processo de desmame. Dá para saber disso porque, quando o bebê para de mamar aos poucos, o organismo entende que ele não precisa mais de tanto leite. Em um desmame abrupto isso não acontece!

Caso sinta os seus seios pesados, ordenhe o leite até se sentir mais confortável. Mas não retire todo o leite, se não irá acabar estimulando a sua produção. Terminado esse processo, coloque compressas frias nas suas mamas por dez minutos. Caso o problema não se resolva com alguns dias, procure a ajuda de um pediatra ou obstetra.