Desfralde: descubra quando e como iniciar em 6 dicas!

O desfralde é um momento muito esperado pelos pais. Não só porque marca uma das fases que demonstram mais independência na criança, como também por diminuir drasticamente os gastos, visto que o bebê não usará mais fraldas!

É preciso buscar um desfralde sem traumas para a criança, que seja um processo gradativo e tranquilo. A média de idade em que as crianças iniciam o desfralde é de 2 anos, mas o tempo pode variar bastante. 

Afinal, cada pessoa é única e para um desfralde correto é preciso esperar que a musculatura tenha se desenvolvido corretamente. Dessa forma, a criança poderá ser capaz de segurar suas necessidades por um mínimo de tempo. 

Desfralde: descubra quando e como iniciar em 6 dicas!
Foto: (reprodução/internet)

Hoje você vai saber tudo sobre desfralde e ver 6 dicas eficientes de como desfraldar seu bebê. Confira a continuação deste artigo!

Quando iniciar o desfralde?

É preciso se atentar para os sinais que a criança demonstra, identificando qual é o momento exato para iniciar o processo de desfralde. Normalmente, os pequenos começam a se sentir incomodados com a fralda, e tentam retirá-la sempre do corpo. 

Eles também sinalizam quando fazem o xixi e o cocô na fralda, não querendo permanecer com ela suja por muito tempo. 

Calcinha para desfralde e cueca para desfralde

Se você está vivendo este momento de desgralde com o seu filho, certamente já ouviu falar de cueca ou calcinha para desfralde. Por isso, separamos um vídeo para que você entenda melhor como funciona esses acessórios. Assista:

Como iniciar o desfralde? 6 dicas para desfraldar de forma simples!

1. Desfralde no tempo certo

Sempre observe as dicas que já apresentamos para identificar o momento certo para o desfralde de cada criança. Tente levar em consideração o tempo que a criança consegue ficar sentada, que deve ser de pelo menos 4-5 minutos.

Alguns especialistas, como Lora Jensen, dizem ser possível desfraldar o baby em apenas 3 dias. Entretanto, pode não ser o caso com o seu filho ou filha.

Na técnica de Lora, “3 Day Potting Training”, são estabelecidas algumas regras para que a criança passe a ir ao banheiro sozinha. É bom lembrar que a técnica é para bebês com mais de 22 meses, ou quase 2 anos. 

A técnica funciona apenas para crianças já desmamadas, pelo menos no período da noite, e que já consigam se comunicar de forma clara, mesmo que por gestos. Dessa forma, acaba sendo algo muito específico e pode não ter resultados positivos na maioria dos casos. 

Uma dica extra sobre o momento correto para o desfralde é tentar fazer isso no verão. É uma época do ano onde a criança tem mais vontade de ficar sem roupas e, em caso de imprevistos, ela não vai se incomodar tanto em ficar molhada.

2. Dê exemplos

O ideal é que o processo de desfralde seja mais longo e um dos principais aspectos é que todos os dias, ao longo de meses, os pais dêem exemplos de como ir ao banheiro. 

Assim, a criança se acostuma mais fácil com a ideia de fazer cocô e xixi no lugar certo. O método chama-se amostragem e é bem parecido com a forma que todos os animais aprendem sobre vários aspectos na natureza. 

Os cães machos, por exemplo, aprendem a levantar a perna com os animais mais velhos que vêem e seguem o exemplo. 

3. Não comece pelo desfralde noturno

Primeiro deve-se começar com o desfralde diurno. Quando a criança acordar, o papai ou mamãe deve retirar a fralda e colocar calcinha ou cueca, sempre conversando com o bebê e mostrando que em caso de vontade deve avisar e pedir ajuda para ir ao banheiro.

Somente após algumas semanas do desfralde diurno é que deve-se começar a tentar o desfralde noturno. Acidentes acontecerão, trate com normalidade, sempre conversando e nunca repreendendo.

4. Mude apenas o desfralde na rotina

O período do desfralde exige muito da coordenação e atenção da criança. Por isso, o mais recomendado é que ela não tenha outras mudanças bruscas na rotina ao mesmo tempo.

A criança deve ter liberdade para decidir sobre as questões relacionadas ao desfralde e estar completamente focada nisso. Deixe-a decidir sobre usar o penico ou o vaso, com o acessório redutor. Para os meninos, você pode oferecer ajuda para usarem o vaso, colocando um banquinho para que eles alcancem.

Lembre-se de estar ao lado o tempo todo para evitar acidentes e, quando não estiver por perto, guarde o banquinho para que eles não tentem subir sozinhos.

5. Não trate cocô e xixi como algo negativo

Em alguns casos, a criança pode desenvolver vergonha de fazer o xixi e o cocô por ficarem com a impressão de que é algo sujo. 

Evite negativar as necessidades, trate sempre como algo natural e tente levar ao máximo em tom de brincadeira. Lembre-se que as crianças assimilam tudo com mais facilidade quando se envolve o lúdico no processo.

Se a criança decidir prender o xixi e o cocô, pode vir a ter doenças urinárias ou intestinais.

6. Ensine os meninos e meninas corretamente

Meninos devem aprender a fazer xixi em pé. Meninas devem aprender a fazer xixi sentada. E ambos precisam aprender a se limpar corretamente, da frente para trás, principalmente as meninas, para evitar contrair infecções.

Conclusão

Desfralde: descubra quando e como iniciar em 6 dicas!
Foto: (reprodução/internet)

Com essas dicas, você proporcionará um desfralde tranquilo e sem traumas aos seus filhos. O desfralde é tão importante quanto o desmame e também temos um artigo sobre isso. Não deixe de conferir!