O jeito mais simples de deixar de ser compulsivo por compras e juntar dinheiro!

Você sabe o que é uma pessoa compulsivo no quesito finanças? É aquela que gasta muito dinheiro, sem saber para onde ele vai, sem saber o que fazer com ele, sem ter nada no fim do mês…

E, geralmente, essas pessoas até que ganham bem, tem bons salários, até mais de um emprego. Só que sempre estão sem dinheiro.

O jeito mais simples de deixar de ser compulsivo por compras e juntar dinheiro! 1

Neste conteúdo vamos ver o que tem que ser feito para mudar esse cenário. Vamos lá: entenda o consumismo e saiba como não cair nessas armadilhas!

A falta da gestão financeira

Primeiramente, quem gasta compulsivamente nunca sabe para onde vai o dinheiro que recebeu. Se foi para roupas, no mercado, no shopping, em casa, etc.

Se você quer fazer planos para o futuro ou se você quer comprar um carro ou se você quer ter a sua casa ou se você quer viver bem com as suas finanças tem que seguir a regra número 1:

TER CONTROLE DAS FINANÇAS!

O básico é saber quanto você ganha e saber aonde você está gastando a sua renda. Simples assim. Esse é o primeiro impulso para você começar a ser menos consumista.

Se você não sabe para onde vai o seu dinheiro, você não vai conseguir estabelecer limites e não vai conseguir fazer um orçamento para a sua vida.

Também não vai conseguir dizer não para si mesmo e, conseqüentemente, não vai sobrar o seu dinheiro – o que é algo muito comum na vida dos brasileiros.

A falta de conhecimento

Portanto, você está cometendo um erro elementar, que é o de não ter conhecimento sobre o seu dinheiro.

Chegou a hora de você parar e refletir sobre isso.

Você já sabe quanto você ganha? Entaõ, agora você tem que saber quanto você gasta também.

Passe anotar tudo o que você gasta do dia 1º ao dia 30. Depois do dia 1º ao dia 30  de novo.

Faça isso por um por 3 meses ou mais até você saber exatamente aonde você está gastando seu dinheiro!

E aí vem o próximo passo que é fazer um orçamento!

FAZER O ORÇAMENTO FINANCEIRO!

o orçamento nada mais o que você estabelecer um limite para gastos com transporte, com alimentação, com medicamentos e aí virá também outros, como vestuário por exemplo.

O quanto você vai gastar de vestuário por mês estará no seu orçamento e se você determinar um valor x por mês para o vestuário não vai poder usar mais do que isso.

Quando você fizer as suas compras e esse limite chegar você tem que parar de gastar. Se chegou ao limite, pare agora mesmo!

A falta de investimento

No seu orçamento deixa uma parte reservada (talvez uns 10%) para os investimentos.

É para o que nós chamamos de reserva de emergência.

Aí, você vai juntar o dinheiro porque vai investir o seu dinheiro para comprar o carro, sua casa, os seus sonhos e tudo mais o que quiser.

FAÇA INVESTIMENTOS FINANCEIROS!

Agora, se você é uma comprador compulsiva vai ver que terá que fechar as portas para não gastar dinheiro se não você não vai cumprir tudo o que está no seu orçamento.