Como saber se o seu filho tem hiperatividade

Até os dias atuais, a hiperatividade nas crianças é muito confundida com má criação ou falta de educação, esse tipo de concepção é bastante errônea e dificulta o desenvolvimento dos jovens. Muitos acabam se sentindo inseguros e excluídos com o passar dos anos.

Então, buscar o diagnóstico precoce da hiperatividade em crianças pode ser a melhor alternativa para prevenir problemas e traumas futuros. Para conseguir identificar se seu filho tem de fato a hiperatividade, mantenha bastante atenção aos sinais que ele pode vir a apresentar.

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade

O TDAH é um transtorno classificado como neurobiológico, isto é, ele pode afetar o funcionamento de algumas funcionalidades do cérebro, provocando a falta de atenção, impulsividade, inquietação, verborragia, que seria o uso excessivo e desnecessário de palavras fora do contexto, e desorganização.

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Infelizmente, os sintomas do transtorno podem ser facilmente confundidos pelos desavisados. Os próprios pais acabam reprimindo e punindo crianças, por comportamentos “inadequados”, sem saber que talvez estes sejam ocasionados pelo TDAH.

O distúrbio de neurodesenvolvimento mexe diretamente com o comportamento dos afetados. Contudo, é preciso ressaltar que, o diagnostico sem o embasamento correto pode ser prejudicial. Dado que muitas crianças demonstram uma série de indicativos similares, por isso é importante lembrar que tratam-se de crianças e essas manifestações são naturais da idade.

Saiba como diagnosticar o TDAH

É muito comum que o diagnóstico acabe sendo feito pelas escolas, portanto é importante lembrar que essa não é a função e responsabilidade dos professores. A análise dos sintomas deve ser feita em primeiro lugar, pela própria família. Sendo assim, os pais devem atentar-se para o que os filhos manifestam.

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Essa investigação pode ser dada em inúmeras frentes, os sintomas se manifestam de diversas maneiras, seja como inquietação ou como baixo rendimento escolar, aparecem até mesmo como irritabilidade e ansiedade.

Listamos alguns indícios de sintomas para ajudar os pais a fazerem um pré-diagnóstico. Lembramos que mesmo que o pai identifique o transtorno, é preciso encaminhar as crianças para um especialista que é o único que pode de fato confirmar a existência do distúrbio.

Cansa ou se entendia rapidamente

É normal que crianças que sejam acometidas pelo transtorno acabem perdendo a paciência rapidamente. Ou seja, seu filho pode começar um jogo de tabuleiro ou mesmo um videogame e após um pequeno espaço de tempo se entediam e abandonam as atividades a serem desempenhadas.

Falta de organização e disciplina 

Não é pecado seu filho ser desorganizado, mas é preciso entender que há um limite até para isso. Esse comportamento pode ser identificado como um sintoma de transtorno, quando pequenas atividades ou regras e tarefas não são cumpridas.

Caso seu filho não consiga planejar ou concluir as demandas diárias, talvez ele possa sim ter o TDAH. Para aliviar a situação para estes jovens, os pais podem buscar aplicar tarefas simples e rápidas no dia-a-dia.

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Impulsividade extrema

O TDAH faz com que as crianças acabem reagindo com mais intensidade às situações. A impulsividade pode dificultar a socialização das crianças, em brincadeiras elas podem acabar brigando com outras, por causa do seu ímpeto. 

Elas também podem acabar se machucando ou desrespeitando alguém graças a sua inquietação. É preciso que os pais se atentem a esses sinais. 

Falta de atenção e distração em excesso  

Crianças com o transtorno TDAH têm mais chances de se distrair durante atividades, apresentam dificuldades em focar na hora de realizar alguma tarefa ou processo, demonstra grande falta de atenção e se distraem até quando estão se comunicando. 

Em alguns casos as crianças podem até não compreender as regras, tarefas e instruções de atividades. Por outro lado, algumas apenas perdem o foco durante a execução. 

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Baixo rendimento escolar 

Todos os sintomas mencionados podem acarretar o baixo rendimento por parte dos alunos. A falta de atenção, de paciência e a impulsividade são um combo para que o aluno não consiga acompanhar a vida escolar, sendo considerada má aluna ou desinteressada.

É por causa desses fatores, que muitas das crianças acabam sendo diagnosticadas nas escolas. É preciso chegar à raiz da dificuldade escolar, às vezes ela pode ser causada por falta de interesse dos alunos ou pela falta de ajuda por parte dos responsáveis.

Problemas para lidar com as próprias emoções

As crianças que apresentam o distúrbio têm grande dificuldade para compreender certas “condutas” sociais. Graças ao excesso de impulsividade podem acabar falando ou agindo de maneira “inadequada”, por isso é preciso incentivar as interações sociais

A busca pelo diagnóstico 

Apesar dos sintomas mencionados, não recomendamos que os próprios pais façam o diagnóstico de seus filhos. Reiteramos que é preciso encaminhar as crianças para um especialista no assunto, um psiquiatra ou psicoterapeuta

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Contudo, a combinação das manifestações mencionadas nos tópicos acima, pode sim ser um indicativo do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. Além disso, esses sintomas devem ser observados com regularidade. Os graus do transtorno podem variar entre leve, médio e grave.

O diagnóstico de TDAH só pode ser dado por um profissional, por isso é preciso observar os sintomas e os relatar ao especialista, que por sua vez deverá realizar a análise comportamental das crianças em acompanhamento.

Tratamento para o transtorno

Normalmente, o tratamento do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade é tratado com o auxílio de medicamentos. Estes devem ser apropriados para a faixa etária e indicados pelo profissional especializado, neste caso, um psiquiatra. Podem ser indicados, ansiolíticos e antidepressivos para diminuir a inquietação dos jovens. 

Como saber se o seu filho tem hiperatividade
Fonte: (reprodução/internet)

Além do tratamento com medicamentos, é preciso que as crianças sejam acompanhadas por um psicoterapeuta. O tratamento pode ser feito através da terapia cognitivo-comportamental, é por meio dela que novos comportamentos e hábitos podem ser trabalhados.

Contudo, todos os meios de tratar devem ser acompanhados pelos pais e responsáveis, que por sua vez tem a função de apoiar e ajudar os filhos a compreender e conviver com o distúrbio de maneira mais saudável.

Bônus – teste online

Trouxemos um teste online para os pais que desconfiam que seus filhos possam estar apresentando sintomas do TDAH, o teste não é a ferramenta ideal para o diagnóstico. Mas serve para ajudar os pais a identificar os sintomas de seus filhos.

É uma ferramenta desenvolvida para auxiliar e orientar sobre o comportamento e manifestações das crianças. Então, realize o teste caso desconfie que seu filho possa estar manifestando o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. 

References

realize o testeTeste online para hiperatividade (TDAH infantil) – Tua Saúde

diagnosticadas nas escolasCriança arteira ou hiperativa? Eis a questão – Guia Escolas