CNH Social 2018: Inscrições

CNH Social ou CNH Popular, não importa qual o nome você vai usar, o fato é que esse programa que tem apoio do governo é uma das alternativas para quem quer se tornar um motorista regularizado gratuitamente. Aprenda como fazer inscrições no CNH Social.

O programa não é apenas para quem vai tirar a 1ª habilitação, mas também para quem vai adicionar nova categoria na sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação), além também de quem vai mudar a sua categoria. Ficou interessado? Veja como se inscrever no CNH Social.

O CNH Social foi criado pelo Serviço Social do Transporte (SEST) juntamente com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e tem apoio do governo. Para saber como fazer a inscrição no CNH Social continue lendo.

CNH Social – como funciona

O programa é governamental e tem criação e total apoio do Sest/Senat, sendo que cada estado tem suas particularidades. No entanto, de forma geral, ele segue alguns parâmetros quanto à sua funcionalidade.

Por exemplo, sobre fazer a inscrição no CNH Social considere que esse é apenas o 1º passo para poder participar do programa, sendo que posterior a isso é preciso passar no processo seletivo e no processo de habilitação também.

Criado em 2011, o programa social foi criado para auxiliar as pessoas de baixa renda que têm dificuldades em financiar os seus cursos de motorista – assim, depois que se inscrever no CNH Social e for aprovado e selecionado, você não terá custos adicionais para tirar a CNH.

E como já foi anunciado acima, o programa não é apenas para quem vai fazer a inscrição do CNH Social para a 1ª habilitação, mas também para outras categorias. Separamo-las, confira!

  • Primeira Habilitação – Categoria A (moto) ou Categoria B (carro),
  • Adição de Categoria – Categoria A (moto) ou Categoria B (carro),
  • Mudança de Categoria – Categoria C (caminhão leve), Categoria D (van, ônibus), Categoria E (caminhão e carreta).

Portanto, observe que a CNH Popular também é acessível a quem está em busca de adicionar categorias ou mudar de categoria e não tem condições financeiras para isso. A indicação para inscrição do CNH Social também é para quem deseja ter uma nova profissão, como no caso de motoristas, motoboy, frentistas, caminhoneiros, entre outros.

Agora, para saber se tem direito ao programa, leia o conteúdo e saiba quais os requisitos.

Inscrições CNH Social 2018

O requisito número 1 para fazer a sua inscrição no programa CNH Social é saber que nem todos os estados participam do programa, sendo que apenas Pernambuco, Espírito Santo, Paraíba, Minas Gerais, Maranhã, São Paulo e Rio Grande do Sul participam.

Então, partindo dessa informação, considere que para participar do CNH Social, o interessado deve entrar em contato com o Detran do seu estado e saber sobre as vagas abertas. Lembre-se que em alguns estados o nome é de CNH Popular também.

O seu cadastro poderá ser feito e aí é só aguardar a confirmação do órgão para saber se você está ativo para participar do processo seletivo e estar inscrito no CNH Social. A divulgação do resultado também fica por conta do Detran.

Outra opção para você que vai fazer a inscrição no CNH Social é optando pelo site do Sest/Senat, que também atualiza as informações sobre as inscrições e os processos do programa – clique aqui.

O Serviço ainda informa que todas as convocações das etapas acontecem por e-mail, ao passo que torna imprescindível ao candidato analisar sua caixa de lixo eletrônico (spam), já que pode acontecer casos onde “a mensagem não vá para caixa de entrada”.

Exemplo de inscrições no CNH Social

Para você ter um exemplo, usaremos o Detran do Espírito Santo, que tem como itens obrigatórios para inscrição do CNH Social, o número de inscrição social (PIS ou PASEP), CPF, Data de Nascimento, Nome Completo, Nome da Mãe.

E, depois disso, para continuar o cadastro no CNH Social, o candidato deve selecionar ainda qual é o seu município, o seu benefício do Programa Bolsa Família ou se é pessoa portadora de deficiência.

E, também como é regra no programa, para finalizar a inscrição do programa CNH Social, o candidato deve escolher qual é a sua categoria desejada, podendo ser: Primeira Carteira Nacional de Habilitação, Adição das Categorias A ou B e a Mudança para Categorias C, D e E.

Se você mora no Espírito Santo, pode saber mais no site!

CNH Social 2018: Inscrições 1

Requisitos para inscrições do CNH Social 2018

O benefício do governo exige alguns requisitos para cadastro no CNH Social, sendo que separamos todas elas para você saber se está dentro das exigências, sendo:

  • Ter até 2 salários mínimos de renda bruta familiar,
  • Ser maior de idade – acima de 18 anos,
  • Saber ler e escrever,
  • Estar desempregado há mais de 1 ano,
  • Ser beneficiário de programas sociais – como o Bolsa Família,
  • Ser estudante de rende público com boas notas.

Vale lembrar ainda que os requisitos podem se alterar conforme as exigências de cada estado.

Além de saber se o seu estado participa do programa CNH Social, considere que você deverá apresentar alguns documentos pessoais para análise e comprovação das informações, sendo que os principais são:

  • CPF – cópia e original,
  • Documento oficial com foto – como RG, CNH ou Reservista,
  • Comprovante de residência – cópia e original,
  • Certidão de Casamento, Declaração de União Estável ou Divórcio – cópia e original.

Por fim, lembre-se que cada Detran tem individualidade para abrir o seu calendário de processo seletivo, portanto, o ideal é ficar atento às notícias e informações do assunto para não perder os prazos.

Ah, e no caso das pessoas que vão cadastrar-se no programa CNH Social para mudar de categoria ou para acrescentar uma categoria, a regra é ter ao menos 21 anos e não ter pontos na carteira, sendo que também não se pode estar com problemas com as empresas de trânsito.

Com informações do Detran do Espírito Santo e SestSenat