Conheça e Solicite o Seu Benefício do PIS

Anualmente, é divulgada uma tabela com as datas para o saque do pagamento do PIS. É a partir desse calendário do PIS que os trabalhadores que têm direito ao benefício podem saber a data certa que vão receber o valor.

Inclusive, o valor do PIS é calculado com base nos meses trabalhados e o trabalhador poderá receber o benefício integral máximo de, até, 1 salário mínimo em conformidade com a atualidade, sendo que hoje é R$ 954.

O PIS – Programa de Integração Social

O PIS é um programa benefício que é voltado para os trabalhadores de empresas privadas, sendo que existe desde 1970 e tem a ver com o abono salarial, o seguro desemprego e também com o fundo de garantia.

Um deles é o abono salarial, que tem a ver com o saque do PIS que estamos falando aqui, e que foi instituído na Lei 7.998/90, sendo que equivale ao valor de, no máximo, 1 salário mínimo e que é pago conforme o calendário de pagamento do PIS, do CODEFAT.

O programa de integração social, junto com o PASEP (que equivale ao PIS para os servidores públicos), são alocados no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e custei programas sociais e de direito dos trabalhadores.

Como sacar o PIS

E para realizar o saque do PIS, o trabalhador pode optar por autorizar a Caixa à fazer o débito em conta também, em uma transação onde o dinheiro é transferido na conta do cliente – sendo que isso vale para quem já tem uma conta ativa no banco.

E o pagamento do PIS que acontece por débito em conta também vale para quem tem a conta poupança na Caixa, sendo que quando o consumidor autoriza o crédito, ele passa a ser feito automaticamente e o trabalhador poderá sacar quando quiser.

Mas, para quem não tem a conta no banco ou prefere sacar o dinheiro, o ideal é ir até os terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma casa lotérica portando o Cartão Cidadão e a senha cadastrada.

Para quem não tem o Cartão Cidadão, ainda existe outra opção, que é receber o benefício diretamente nas agências da Caixa, sendo que para isso é preciso apresentar o documento de identidade oficial.

Se você tiver alguma dúvida para sacar o PIS ou se quiser ter mais informações sobre o programa, também pode ligar na central de atendimento da Caixa, que funciona através do 0800-726-0207.

Quem não fizer o saque do PIS…

Essa é uma dúvida muito comum na vida das pessoas porque apesar de os recursos serem considerados ótimos para financiar projetos pessoais e organizar as finanças, existe quem prefira deixar o dinheiro guardado nas contas da Caixa.

Considere, portanto, que se você não realizar o saque até o término do calendário de pagamento do PIS (que é em 28 de junho de 2019), você estará, automaticamente, concordando com que o valor seja incorporado ao saldo de quotas.

E isso significa que o seu saldo será atualizado conforme os rendimentos da Caixa em acordo com o Governo Federal, sendo que os juros não foram informados. E, dessa forma, o trabalhador vai poder sacar os recursos totais no próximo calendário do PIS.

Valor do pagamento do PIS

O valor do PIS varia conforme o tempo que a pessoa trabalhou de maneira formal, isto é: com carteira assinada para empresas privadas. Portanto, considere que esse benefício pode variar entre R$ 80 e R$ 954, que é o valor cheio do atual salário mínimo.

E fazer essas contas é bem simples: se você trabalhou 1 mês no último ano, vai receber 1/12 do salário mínimo vigente usado na fórmula, que é de R$ 954 e o que dá R$ 80. Já para quem trabalhou 2 meses, o valor será de 2/12 do salário mínimo, ou seja, R$ 160.

Já para os trabalhadores de empresa privada que atuaram durante todo o ano, o valor do PIS será total, ou seja, equivalente a 12/12 do salário mínimo, que é justamente R$ 954.

Outra informação importante é que quem trabalhou em período igual ou superior a 15 dias em um mês já tem direito ao saque do PIS, considerando que o valor é contabilizado como mês integral pela Caixa.

Conheça e Solicite o Seu Benefício do PIS 1

Calendário do pagamento do PIS

Os pagamentos do PIS vão começaram a ser feitos no final de julho. E seguindo o lançamento da Caixa Econômica Federal, os nascidos entre julho a dezembro vão receber os valores ainda este ano – de 2018.

Já para quem nasceu a partir de janeiro até junho, esses vão receber no primeiro trimestre de 2019, sendo que todo mundo deve sacar os recursos até o dia 28 de junho de 2019 – ou, em caso contrário, terão que aguardar um novo calendário do PIS.

Conheça e Solicite o Seu Benefício do PIS 2

Saiba se tem direito ao PIS

Existem alguns requisitos mínimos obrigatórios para você ter direito ao PIS, como o fato de o trabalhador da empresa privada ter recebido, em média, até 2 salários mínimos mensais com a carteira assinada e tendo trabalhado por, ao menos, 30 dias no último ano.

Outros requisitos para ter direito ao PIS é estar inscrito no PIS há pelo menos 5 anos e ter os dados cadastrados no Rais, que é a Relação Anual de Informações Sociais, por parte da pessoa jurídica (empresa).

Visto isso, para se cadastrar no PIS, o trabalhador precisa ir até uma agência da Caixa. Ao passo que o número do PIS é gerado, geralmente, durante a criação da carteira de trabalho.

E vale finalizar afirmando que os trabalhadores vinculados as pessoas físicas, assim como os trabalhadores rurais e os empregados domésticos, além dos menores aprendizes, não têm direito ao saque do PIS.

Da redação com informações da Caixa Econômica Federal