Para reaquecer a economia, Caixa pode liberar o FGTS, PIS e Pasep

O atual Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que pretende estimular o reaquecimento da economia. E uma das medidas citadas para isso é a liberação de alguns benefícios sociais e trabalhistas, como o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Assim como o FGTS, o PIS dos funcionários de empresas privadas e o PASEP dos funcionários públicos também podem ser liberados para que o dinheiro esteja na economia.

Para reaquecer a economia, Caixa pode liberar o FGTS, PIS e Pasep 1

O FGTS é uma forma de poupança que foi criada para que os trabalhadores tivessem recursos para usar após uma demissão sem justa causa. Atualmente, ele pode ser sacado nesse caso e também para comprar imóveis ou em casos de doenças.

Já o PIS e PASEP são abonos salariais que são pagos anualmente, uma vez por ano, aos trabalhadores que fazem parte do programa, como aqueles que estão registrados há mais de 5 anos e que tenham rendas de até 2 salários mínimos.

O objetivo da liberação

Caso concretizada a medida anunciada por Guedes, isso deve dar um fôlego à economia do Brasil que hoje se encontra em estado de “recessão” – como dizem os economistas.

Essas medidas, aliadaa à Reforma da Previdência, deve melhorar a situação econômica do Brasil, eles dizem.

Segundo Paulo Guedes, apesar de todas as possíveis mudanças nos benefícios, outras medidas também estão em andamento para o reaquecimento da economia, como negociações internacionais e a Reforma Tributária.

Mas, é um passo de cada vez, ele avalia ao citar que o foco total está mesmo é na Reforma Previdenciária.

Saque dos benefícios

Uma boa dica para quem tem o interesse em fazer o saque desses benefícios sociais é ficar de olho na conta que tem na Caixa Econômica Federal, que é o banco responsável pelos pagamentos.

Hoje em dia tem uma série de ferramentas que permite a consulta online dos benefícios, como o site da Caixa e os aplicativos de celular.

Ao consultar o saldo de graça, dá para saber se o recurso foi liberado. Aí, é só ir até o banco sacar ou optar pelo débito em conta, onde o dinheiro cai diretamente na conta do beneficiário. Essa opção pode ser solicitada na própria Caixa.

Como saber quem tem direito aos programas?

Por ser de responsabilidade da Caixa, o banco possui formas de informar os clientes e todo cidadão brasileiro sobre os direitos, deveres, requisitos e informações dos benefícios sociais.

Por isso, quem tem interesse em saber mais sobre o FGTS, por exemplo, pode ir direto na página do banco, que fica na opção de “Benefícios do Trabalhador”.

Já no caso de saber sobre o PIS, o caminho é o mesmo: o site da Caixa. Lá também tem a opção de Programa de Integração Social.

Já o PASEP é pago pelo Banco do Brasil. Por isso, o caminho também é simples, online e gratuito. No entanto, a página correta é do BB.