Como solicitar o benefício do Auxílio Gás?

O auxílio gás (ou vale gás) é um benefício que pode ser acessado por muitas famílias desde 2001. Ele tem o objetivo de pagar um valor em dinheiro para que as pessoas tenham condições de comprar o gás, elemento essencial para o preparo de alimentos.

Descubra quem tem direito ao vale gás e quem pode receber o auxílio gás. O valor é entregue mensalmente junto com o Bolsa Família. Leve em conta que o pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal e o saque pode ser feito em qualquer agência deste banco.

Como solicitar o benefício do Auxílio Gás?
Foto: (reprodução/internet)

Outra informação importante é que as regras do vale gás já foram alteradas algumas vezes desde quando o programa foi criado. Portanto, conhecer as formas de receber o pagamento do vale gás é de suma importância para você!

Como funciona o Vale Gás

A ideia central do programa quando criado era de minimizar os problemas de desnutrição em todo o país. Assim, os beneficiários recebiam uma ajuda financeira em forma de dinheiro, que na época era de R$ 15 a cada 2 meses.

A regra era para famílias que tivessem renda total de até ½ salário mínimo. No entanto, atualmente as regras do vale gás mudaram e o pagamento do benefício passou a ser feito juntamente com o Bolsa Família.

Novas regras do programa

Com a integração a este outro benefício oferecido pelo Governo Federal, ao invés de disponibilizar o dinheiro bimestralmente, ele passou a ser depositado todo mês.

Para conseguir ter acesso ao benefício do vale gás, é preciso que a família atenda aos requisitos do programa social. Por isso, no próximo tópico queremos te explicar melhor quais são essas exigências feitas.

Quem tem direito ao auxílio

Para ter direito ao vale gás, primeiramente é preciso ter direito ao Bolsa Família, o que já comprova muitas características. Assim, isso quer dizer que uma das regras é pertencer a uma família extremamente pobre, que tenha renda de até R$ 85 por mês por pessoa.

Outra coisa é que se não for de uma família que viva em extrema pobreza, deve ser de família pobre, isto é, que tenha renda per capita de até R$ 85 até R$ 170. Agora, para a família pobre ter direito ao vale gás é necessário que existam indivíduos dependentes de até 17 anos na sua composição.

Vale lembrar que na hora de receber o vale gás é preciso considerar o calendário de pagamento do Bolsa Família. Além disso, saiba que o recebimento do recurso é feito com o cartão Bolsa Família ou o Cartão Cidadão.

Cadastro para receber o recurso

Para conseguir receber o benefício do vale gás é preciso ter cadastro no programa Bolsa Família. A inscrição inclui 3 etapas muito simples: sendo o próprio cadastro (no CRAS – Centro de Referência da Assistência Social), a seleção (do Ministério do Desenvolvimento) e o recebimento do benefício (através do Cartão Bolsa Família nas agências Caixa).

Portanto, o cadastro no Bolsa Família é o 1º passo e isso deve ser feito no CRAs e os documentos necessários são: comprovantes de renda familiar, identidade dos membros que compõe a família, CPF dessas pessoas, carteira de vacinação e comprovante escolar.

Já quanto o recebimento do benefício, saiba que a família beneficiária pode consultar toda informação pelo site ou pelo app da Caixa. No entanto, é preciso ter um login e senha, que poderão ser criados gratuitamente.

Dicas sobre o Vale Gás

Para você sair daqui bem informado, queremos levantar algumas dicas muito importantes para quem é ou deseja ser um beneficiário do programa Auxílio Gás. A seguir, montamos uma lista com pontos que você precisa considerar.

  • Quando conseguir efetuar o cadastro, tenha o cuidado em manter suas informações atualizadas por pelo menos dois anos. No caso de você não estar inscrito ou não atender os requisitos de renda pedidos, procure um dos responsáveis pelo Programa.
  • Para realizar a sua inscrição no Cadastro Único, você poderá ir até a prefeitura da cidade em que mora. Lá, todo o procedimento será realizado.
  • É importante que as gestantes estejam presentes nas consultas de pré-natal. Por isso, esteja atenta ao calendário que é disponibilizado pelo Ministério da Saúde – MS.
  • Participe dos momentos educativos que o Ministério da Saúde oferece a respeito de aleitamento materno e alimentação saudável. Isso é importante caso na família beneficiada tenha mães que amamentam.
  • Todas as crianças de 0 a 7 anos dessas famílias precisam estar com seus cartões de vacinação em dia.
  • Mulheres que estejam na faixa etária de 14 a 44 anos precisam estar em constante acompanhamento de saúde.

Essas observações evidenciam o cuidado que o Governo Federal quer estabelecer com cada pessoa que é beneficiada pelo programa Auxílio Gás. Ou seja, não se trata de apenas um dinheiro a mais na renda e sim de todo um contexto de bem estar.

Datas de pagamento do Auxílio Gás 2019

Com o acesso ao calendário do Bolsa Família em mãos, você já poderá identificar imediatamente as datas de pagamento do Auxílio Gás. Afinal, como já foi dito anteriormente neste artigo, os dois benefícios são pagos integralmente.

Portanto, de acordo com a situação de cada família, a quantia estipulada será paga mensalmente. A divisão para as datas de recebimento é feita levando em consideração os últimos dois dígitos do cartão do Bolsa Família.

A seguir, confira as datas de recebimento dos próximos três meses:

Outubro
Fim do cartão 118/outubro;
Fim do cartão 219/outubro;
Fim do cartão 322/outubro;
Fim do cartão 423/outubro;
Fim do cartão 524/outubro;
Fim do cartão 625/outubro;
Fim do cartão 726/outubro;
Fim do cartão 829/outubro;
Fim do cartão 930/outubro;
Fim do cartão 031/outubro.
Novembro
Fim do cartão 119/novembro;
Fim do cartão 220/novembro;
Fim do cartão 321/novembro;
Fim do cartão 422/novembro;
Fim do cartão 523/novembro;
Fim do cartão 626/novembro;
Fim do cartão 727/novembro;
Fim do cartão 828/novembro;
Fim do cartão 929/novembro;
Fim do cartão 030/novembro.
Dezembro
Fim do cartão 110/dezembro;
Fim do cartão 211/dezembro;
Fim do cartão 312/dezembro;
Fim do cartão 413/dezembro;
Fim do cartão 514/dezembro;
Fim do cartão 617/dezembro;
Fim do cartão 718/dezembro;
Fim do cartão 819/dezembro;
Fim do cartão 920/dezembro;
Fim do cartão 021/dezembro.

Conclusão

Este benefício pode ser uma ótima forma de auxiliar as famílias no combate à desnutrição. Afinal, com o dinheiro a mais sendo depositado em sua contas, uma coisa é certa: o gás de cozinha não irá faltar.