Auxílio Emergencial Financeiro – saiba solicitar

Agricultores familiares têm direito ao auxílio emergencial financeiro que é pago quando suas plantações ou moradias são atingidas por desastres naturais. O valor é pago diretamente ao agricultor que pode usar os recursos da forma que achar mais conveniente.

O pagamento do benefício é feito através da Caixa, sendo que para o recebimento, o agricultor precisa ter em mãos o Cartão da Caixa ou o Cartão Cidadão. O valor da parcela nunca deve ser menor do que R$ 80.

Auxílio Emergencial Financeiro – saiba solicitar

O auxílio emergencial financeiro também é chamado de Bolsa Estiagem e é uma ajuda financeira que é entregue aos agricultores familiares de baixa renda, principalmente em períodos de estiagem, quando acontecem desastres naturais.

Descubra quem tem direito ao benefício do governo, como são pagas as parcelas e como é possível solicitar o benefício que é garantido por lei. Saiba também como funciona o programa, que foi criado para dar melhor qualidade de vida aos pequenos agricultores.

Auxílio emergencial financeiro

O auxílio emergencial financeiro é um benefício pago pelo governo federal aos agricultores familiares que tenham renda mensal comprovada de até 2 salários mínimos e que morem em áreas que foram afetadas por desastres naturais ou de calamidade pública.

Assim, essas famílias beneficiárias podem receber um valor em dinheiro que varia conforme a necessidade que é avaliada pelo governo, ao passo que o pagamento pode ser feito em várias parcelas mensais, desde que tenha um valor mínimo de R$ 80.

O programa foi criado para todas as famílias de agricultores familiares que tenham renda mínima baixa e que estejam cadastrados no Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) e que não tenham recebido o Garantia Safra.

Já quem recebeu o Programa Bolsa Família pode receber também o auxílio emergencial financeiro em comunhão, considerando que o governo manda um aviso sobre o comprovante dos recursos.

Solicitar auxílio financeiro

Para solicitar o auxílio financeiro de emergência é preciso se atentar a forma como o processo funciona: sendo que a seleção dos beneficiários é feita pelo Ministério da Integração Nacional, que identifica a situação de calamidade pública.

Então, um dos requisitos é estar inscrito no Cadastro Único, já que é através dessa base de dados que o ministério faz a análise. Outra coisa é que o benefício de auxílio financeiro não deve ser solicitado pelas famílias e sim pelo próprio ministério.

A Caixa Econômica Federal é que faz o pagamento do auxílio financeiro, sendo que todas as informações sobre o programa podem ser encontradas no site da Caixa ou no site do Ministério da Integração Social.

Quem não fez o cadastro no Bolsa Família não precisa fazer para receber o auxílio financeiro, considerando que após avaliação do ministério, a família vai receber o Cartão Cidadão em casa e poderá ter mais informações sobre o programa nos canais da Caixa.