Abono Natalino para quem tem o Bolsa Família – conheça os direitos

O abono natalino do bolsa família tem o intuito de auxiliar aqueles brasileiros que vivem em condições de pobreza ou extrema pobreza. Portanto, para ter direito ao abono natalino do programa é preciso se inscrever no Bolsa Família primeiro.

Descubra o que fazer para receber o abono natalino, quem tem direito ao programa, qual o valor do benefício e tudo mais que é importante sobre o programa. Levando em conta que o abono natalino é uma forma de ter um dinheiro extra no fim de ano.

Abono Natalino para quem tem o Bolsa Família – conheça os direitos

O que é o abono natalino?

O abono natalino nada mais é do que um acréscimo ao valor do bolsa família, que é concedido no mês de dezembro e que é dado a alguns beneficiários do programa. Portanto, nem todos os beneficiários têm direito ao benefício do abono natalino.

O intuito desse benefício da renda extra é ajudar e possibilitar às pessoas de baixa renda a terem um final de ano mais digno como deveria ser. Com o recurso, a família beneficiária pode comprar alimentos para a ceia natalina, por exemplo.

Em razão de serem muitas as famílias amparadas pelo abono natalino do bolsa família, determinou se que o pagamento do mesmo fosse disponibilizado de acordo com o último número NIS dos beneficiários.

Assim, os indivíduos que tenham NIS terminado em 9, por exemplo, são os primeiros a receberem o abono  enquanto os que possuem a sequência finalizada em 0 são os últimos da listagem de pagamento do benefício.

Quem tem direito ao abono natalino?

O abono natalino foi elaborado e é mantido pela Secretaria do Desenvolvimento Humano da Paraíba, a SBH, sendo que é um programa exclusivo desse estado. Portanto, para ter direito ao abono natalino é necessário que a pessoa resida em solo paraibano.

Ademais, também é imprescindível que o indivíduo seja um beneficiário regularizado do Bolsa Família, inclusive, com o Cadastro Único atualizado e ativo.

Depois disso, saiba que é preciso estar categorizando na condição de extrema pobreza, quando a renda mensal por participante do núcleo familiar não ultrapassa os R$ 170 e isso deve constar junto a sua família, nos dados do cadastro único.

Todas as crianças e os adolescentes favorecidos pelo auxílio em idade escolar devem ter o acesso a educação. Sendo esse mais um requisito para o abono natalino do Bolsa Família.

Qual é o valor do abono natalino do Bolsa Família?

Todo favorecido com abono natalino recebe o benefício extra independentemente do valor usual do Bolsa Família. E essa quantia extra é de R$ 32, valor que é significativo para muitas famílias e que pode fazer a diferença daqueles que ganham apenas o básico.

Para que os paraibanos beneficiados pelo Bolsa Família recebam o abono natalino, eles precisam se dirigir a uma das agências do correio  com o CPF e um documento com foto em mãos, conforme dias determinados pelo NIS.

Atenção: caso a pessoa não saiba a data de recebimento do seu benefício, ela pode se informar nos correios ou na central de atendimento da SBH, por meio do telefone: 3218-6674.