13° Salário – Como sacar

Você sabe o que é o 13º salário? É uma renda extra que os trabalhadores com carteira assinada recebem no final do ano. O valor do 13º salário pode ser pago em 2 vezes, sendo que quem direito poderá receber a última parcela até o último mês do ano – dezembro.

Saber a data de pagamento do 13º salário é muito importante para que as pessoas com registro em carteira e os pesionistas/aposentados tenham mais condições reais de organizarem as suas vidas financeira. Descubra quem tem direito, qual o valor e como é feito o pagamento do 13º salário no Brasil.

13° Salário - Como sacar

Pagamento do 13º Salário

O pagamento do benefício acontece de forma parcelada em 2 vezes, assim, a 1ª delas deve ser quitada entre fevereiro e 30 de novembro do ano em destaque. Depois, a 2ª parte pode ser paga em até 20 de dezembro do mesmo ano.

Tanto pensionistas como aposentados, trabalhadores rurais, de empresas privadas, públicas e todo mundo que tem direito ao 13º salário podem receber o valor em 2 partes iguais, sendo que o pagamento deve ser feito no contra cheque (holerite).

Muita gente que busca informações sobre a data de pagamento do abono quer saber se pode incluir o valor da renda extra no pagamento das férias e a resposta é positiva. Mas, para isso, é preciso informar o empregador até janeiro do ano considerado.

Valor do 13º Salário

O valor do pagamento do 13º salário é proporcional ao valor do salário de cada pessoal. E o cálculo do benefício é bem simples: usa-se como base o valor da renda bruta e se divide por 12. Depois, basta multiplicar pelos meses trabalhados.

O grande detalhe a se notar é que o pagamento pode ser feito em 2 parcelas e isso quer dizer que todas as horas extras e acréscimos (como adicionais noturnos e comissões) devem ser acrescidos no pagamento da 2ª parcela do 13º salário.

Logo, o trabalhador que tem direito ao benefício deve se atentar a esse fato, considerando que para o cálculo do 13º salário usa-se o valor da renda bruta e só depois divide pelo número de meses do ano (12) e multiplica-se pelos meses trabalhados naquele período.

Direito ao 13º Salário

A consulta do benefício pode ser feita em sites oficiais e em bancos que fazem o pagamento, como a Caixa Econômica Federal. Para isso, é preciso ter direito ao 13º salário, isto é, estar em regime de CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas.

Quem trabalhou a partir de 15 dias já tem o direito ao abono salarial, sendo que isso equivale a 1 mês de trabalho. Aposentados e pensionistas do INSS também recebem o abono todos os anos.

O trabalhador que tiver mais de 15 faltas não justificadas pode perder o direito ao 13º salário no valor correspondente aquele mês. E vale lembrar que quem for demitido por justa causa também não tem direito ao benefício trabalhista.

Da redação